Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Vivian Resende

Ciências da Saúde

Medicina
  • biomarcadores em neoplasias do trato biliopancreático
  • O câncer do fígado e trato biliopancreático tem origem nos hepatócitos e epitélio dos ductos biliares e pancreático, tem mau prognóstico e pouca resposta à quimioterapia. O aumento da incidência associado à falta de tratamento eficaz tem levado à busca de novos alvos terapêuticos e fatores prognósticos. Neste estudo, propõe-se analisar este tipo de carcinoma em uma população brasileira, sua morfologia, classificação imunohistoquímica e relevância prognóstica. No período de 2008 a 2018, por meio de protocolos de pesquisa, foram coletados dados clínicos, laboratoriais e anatomopatológicos de pacientes com diagnóstico de carcinoma do fígado e do trato biliopancreático. As amostras dos tumores serão submetidas a estudo imunohistoquímico para avaliar a expressão das apomucinas (MUC 1, MUC2, MUC5AC), o fator de transcrição CDX2, SOX 9 e da molécula de adesão EPCAM. O impacto dos achados clinicopatológicos na sobrevida serão avaliados.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Vívian Saraiva Veras

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • efeito da intervenção educativa com o apoio social centrado na pessoa com diabetes tipo 2 para prevenção do pé diabético: ensaio clínico randomizado
  • Trata-se de um ensaio clínico, aleatorizado, prospectivo, sem cegamento, com a finalidade de avaliar o efeito da intervenção educativa com o apoio social centrado na pessoa com diabetes tipo 2 para prevenção do pé diabético. A pesquisa será desenvolvida nas cidades de Acarape-CE e Redenção-CE localizadas na região do Maciço de Baturité, no Estado do Ceará, em unidades de Atenção Primária à Saúde. Serão formados 151 pares a serem distribuídos entre os grupos experimental e controle. Os grupos experimental e controle serão divididos em subgrupos com até dez pessoas em cada grupo, para a realização da intervenção educativa. Os encontros serão realizados, quinzenalmente, com duração de 60 minutos, no período de 18 semanas. Para que a intervenção educativa seja desenvolvida de modo padronizado será o utilizado o Kit da ferramenta educacional Mapas de Conversação. O grupo experimental será diferenciado do grupo controle pelo envolvimento de um familiar ou cuidador, reconhecido pela pessoa como fonte de apoio social, para receber intervenções educativas, por meio de contato telefônico. Serão avaliados os dados sociodemográficos, clínicos, hábitos de vida e antecedentes de risco, entre os grupos experimental e controle antes da intervenção. Com exceção da percepção de apoio social que será avaliada, antes e ao final do estudo. Será realizada avaliação da pressão arterial, Índice de Massa Corporal, Circunferência Abdominal, HbA1c e os questionários de comportamento e conhecimento acerca dos cuidados essenciais com os pés entre os grupos experimental e controle, antes e após três meses da participação da intervenção educativa. Os dados após coleta serão tabulados em banco de dados previamente elaborado no programa Excel®, versão 2016 e, posteriormente, submetidos a processamento estatístico com auxílio do pacote estatístico Statistical Package for Social Sciences versão 20 for Windows®, com o valor de referência de p ≤ 0,05 para resultados significativos. O projeto será encaminhado ao Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira via Plataforma Brasil, onde já foi realizado submissão.
  • Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022