Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Sanye Soroldoni Guimarães Goes

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • papel do intemperismo fotoqímico na poluição por microplásticos no ambiente marisma: uma abordagem integrada
  • Materiais poliméricos, popularmente conhecidos como plásticos, são materiais com propriedades específicas como grande durabilidade, resistência, plasticidade e estabilidade. Devido a essas características os plásticos ganharam espaço e utilidade em diversas áreas da sociedade. No entanto, sua alta durabilidade faz com que os plásticos descartados de forma inapropriada sejam significativamente danosos ao meio ambiente e à biota. Os plásticos são considerados um material quimicamente estável, permanecendo no ambiente por muitos anos. Quando exposto ao ambiente, os plásticos podem sofrer degradação, geralmente por rota abiótica, sendo iniciada termicamente, por hidrólise, ou pela radiação ultravioleta (UV). Tal processo pode favorecer a adesão de um biofilme microbiano modificando as características dos plásticos no ambiente marinho, bem como outros processos, tais como salinidade e condições oxidantes. Portanto, é essencial entender a interação entre os processos químicos e biológicos na degradação das partículas plásticas e avaliar seu potencial deletério aos organismos. Nesse sentido, o presente projeto irá preencher lacunas importantes no conhecimento em relação à poluição por microplásticos, através da avaliação da ação do intemperismo no aumento ou diminuição da biodisponibilidade de contaminantes com reflexo na toxicidade para organismos aquáticos, tendo como área de estudo ambientes de Marisma.
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022