Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Adley Forti Rubira

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • sistemas poliméricos inteligentes: quitosana hiperramificada com sílica mesoporosa como plataforma para o desenvolvimento curativos tópicos ativos
  • O desenvolvimento/aprimoramento de curativos ou peles sintéticas pode aliviar a dor e agilizar o processo de regeneração de pacientes com severos traumas cutâneos, principalmente aqueles acometidos com graves queimaduras. A pele sintética (ou curativos) deve proteger o tecido danificado de infecções causadas por bactérias e fungos, e ainda permitir o processo natural de transpiração. Em casos de queimaduras severas o tratamento pode ser feito pela adição de agentes antibacterianos e/ou anti-inflamatórios na pele sintética (ou curativo), que será lentamente liberado para inibir o desenvolvimento de bactérias e/ou combater excessivas inflamações crônicas decorrentes de traumas cutâneos.Neste projeto, iremos desenvolver uma metodologia de preparo de materiais híbridos multifuncionais na forma de filmes (membranas), produzidos por métodos de liofilização seguida por reação no estado sólido de poli (ácido acrílico) (PAA) e quitosana. A quitosana será, previamente, complexada com cobre com o intuito de melhorar sua atividade bactericida e solubilidade. No interior da matriz polimérica será aprisionado elevado teor (+20%) de sólidos inorgânicos porosos, modificados com organosilanos. Esses sólidos irão atribuir, ao material inicial, elevada capacidade de retenção de fármacos (antimicrobianos) e irá promover o processo de liberação prolongada dos mesmos, que é de particular interesse para o processo de cicatrização de lesões graves. Dessa forma, o material a ser desenvolvido também poderá atuar como modelo para liberação sustentada de fármacos.Assim, materiais híbridos com potencialidade para serem usados como pele sintética serão preparados. Para confirmar a aplicabilidade destes materiais será determinado o perfil de liberação de fármacos (antimicrobianos, e.g. eritromicina) e testes de proliferação celular/regeneração celular frente a fibroblastos e de propriedades bactericidas.
  • Universidade Estadual de Maringá - PR - Brasil
  • 18/02/2019-09/11/2022
Foto de perfil

Adolfo Tanzi Neto

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • a vulnerabilidade social de jovens brasileiros: agências multimidiáticas no resgate do exílio contemporâneo (pós)pandêmico
  • A sociedade pós-moderna se caracteriza por produções e interações multimidiáticas em espaços superdiversos. Esses encontros com as diferentes linguagens nos levam a (re)conhecimentos linguísticos, travestidos em repertórios superdiversos (das línguas materna, de sinais, de herança, adicionais etc.). Nesse sentido, apoiamo-nos na discussão de Blommaert (2010), Silverstein (1985) e Vertovec (2007) sobre como os repertórios linguísticos estão ideologicamente carregados de características semióticas; de valores implícitos de identidade e poder que geram níveis de indexicalidade que determinam sentimentos de pertença, cultura, identidade e papéis na sociedade. Para tanto, esta pesquisa, em parceria com escolas públicas do Rio de Janeiro, buscará responder às seguintes perguntas: a) como os jovens de escolas públicas do Rio de Janeiro (re)apresentam seus contextos sócio-histórico-culturais em suas produções multimidiáticas? b) como os conceitos de translocalidade, indexicalidade e repertórios permeiam/influenciam as atividades desses jovens? c) como as barreiras sócio-histórico-culturais, por meio do uso de múltiplas mídias, assumem diferentes papéis para expandirmos as discussões teóricas de agência e transformação social? Atentaremo-nos para o papel agentivo desses jovens nos espaços de interações da vida social em sua historicidade, buscando interpretações locais dessas atividades atribuídas de gênero, manipulação, poder, posições ideológicas e identidade. Metodologicamente, apoiamo-nos na Pesquisa Crítica de Colaboração (MAGALHÃES, 2004), que busca propiciar espaços de confronto dialético para (co)produção de saberes, formação, reflexão e desenvolvimento humano. Os dados gerados serão interpretados sob uma perspectiva dialógico-enunciativa, tendo como foco as categorias argumentativas para as questões de agência, translocalidade, indexicalidade e repertórios para mobilidade social.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Adonis Ferreira Raiol Leal

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • sistema automático de detecção, rastreamento e previsão de descargas atmosféricas para proteção da navegação aérea e fluvial na amazônia
  • A Amazônia Legal possui uma floresta tropical densa e exuberante, a qual é marcada pela maior rede fluvial do mundo. Esta característica torna a região bastante peculiar, com enormes dificuldades de acessibilidade, tornando a população fundamentalmente dependente do tráfego aéreo e fluvial. As embarcações que navegam nos rios amazônicos são utilizadas tanto para o transporte de pessoas, como de cargas. Embora trafeguem embarcações de variados tamanhos, predominam as de pequeno porte, dotadas de pouco ou nenhum recurso para enfrentar as condições atmosféricas adversas da região. O fluxo de aeronaves, de pequeno porte, também representa um percentual expressivo do tráfego aéreo da região. Dada sua localização geográfica, a região amazônica possui clima tropical quente e úmido, sendo afetada o ano inteiro por sistemas meteorológicos convectivos de rápido desenvolvimento e grandes extensões verticais, portanto com potencial para chuvas volumosas, acompanhadas de raios e rajadas de ventos fortes. Tais eventos são característicos das nuvens cumulonimbus que formam as tempestades tropicais frequentes na região e que, eventualmente, expõem embarcações e aeronaves a grandes riscos, ocasionando, por vezes, acidentes que levam a danos materiais e perdas de vidas humanas. Neste contexto, a atual proposta busca desenvolver um sistema para a detecção, rastreamento e previsão de tempestades severas, no intuito de auxiliar a navegação aérea e fluvial na Amazônia mediante o uso de dados de descargas atmosféricas do sensor GLM (Geostationary Lightning Mapper) do satélite GOES-16, obtidos através da estação de recepção de dados e produtos de satélites ambientais GeonetCast-Americas do CENSIPAM, sendo estes dados tratados por técnicas de inteligência artificial. Desta forma, o estudo buscará desenvolver um produto inovador que possa auxiliar pessoas quanto à melhor decisão a ser tomada, em termos dos cuidados necessários para a trafegabilidade eficiente e eficaz na Amazônia.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Adrian Antonio Garda

Ciências Biológicas

Zoologia
  • sistemática, biogeografia e conservação de vertebrados das áreas de altitude do domínio das caatingas no nordeste brasileiro
  • A região das caatingas é marcada por alta diversidade e taxas de endemismo em comparação com outras regiões semiáridas do mundo. Pesquisas ao longo das últimas décadas demonstraram o papel chave das áreas de altitude nos padrões de riqueza e diversidade deste bioma, as quais atualmente representam parte significativa das áreas prioritárias para a conservação da Caatinga, concentrando grande número de espécies endêmicas. Devido às chuvas orográficas, florestas mésicas ocorrem nas encostas e/ou nos topos dessas áreas que são popularmente conhecidas como brejos de altitude. Tais áreas abrigam espécies compartilhadas ou espécies irmãs com as grandes florestas tropicais vizinhas (Amazônica e Atlântica), testemunhando o passado dinâmico de expansão e contração desses biomas. Todavia, o número de espécies continua subestimado nessas regiões, bem como as principais ameaças à sua fauna e flora. Igualmente, os processos evolutivos responsáveis por essa grande diversidade e taxas de endemismo permanecem pouco conhecidos. O presente projeto objetiva, utilizando-se de dois grupos importantes e ameaçados de vertebrados: (1) descrever espécies crípticas previamente identificadas em estudos de filogeografia recentes; (2) avaliar a presença e a abundância de doenças emergentes (fungo quitrídio em anfíbios) e parasitas (malária aviária) nessas áreas; (3) testar hipóteses de diversificação das faunas de anfíbios e aves nas áreas de altitude do nordeste brasileiro usando técnicas de filogeografia multilocus e sequenciamento de nova geração. Nós faremos expedições a campo para complementar nossas amostras, identificaremos a presença de parasitos em aves e anfíbios e usaremos métodos de taxonomia integrativa para descrever espécies crípticas previamente identificadas em outros trabalhos.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Adrian Pablo Hinojosa Luna

Ciências Sociais Aplicadas

Demografia
  • modelagem demográfico-estrutural de processos infeciosos em síndromes respiratórias agudas (severe acute respiratory syndrome sars): estudo longitudinal de contatos sociais epidemiologicamente relevantes.
  • Os estudos científicos sobre modelos epidemiológicos para doenças relacionadas à síndrome respiratória aguda grave – SARS tem demonstrado que as capacidades preditivas dos modelos matemáticos foram aprimoradas através da quantificação das taxas de contato social. A equipe envolvida nesta proposta tem atuado nesta fronteira de pesquisa, por meio da construção de modelos que associam características epidemiológicas a diversos fatores sociométricos, vinculados às interações sociais em alguns contextos de socialização, o que chamamos de círculos sociais-chave: vizinhança, trabalho, lazer, escolas e transporte público. A partir da pesquisa aqui proposta, a equipe pretende aprimorar este modelo epidemiológico, realizando a quantificação dos contatos sociais de forma longitudinal, o que permitirá rastrear o número de contatos ao longo do tempo e explorar as diferenças sociodemográficas associadas à sua permanência ou variação. Dito em forma sucinta, queremos pesquisar quais são os determinantes sociodemográficos das interações humanas que favorecem a disseminação de agentes patógenos causantes de Síndromes Respiratórias Agudas. Para tanto, serão realizados levantamentos de dados primários e secundários, utilizando fontes oficiais, nacionais e internacionais, que disponibilizam informações epidemiológicas sobre SARS e dados sociodemográficos da população de estudo. Além disso, pretende-se coletar informações longitudinais sobre contatos sociais em um setor popular urbano em Belo Horizonte/MG, mediante entrevista domiciliar, durante a qual será aplicado um questionário (diário epidemiológico) abordando informações sobre contatos sociais diários e entre agrupamentos de pessoas (contatos pele a pele ou face to face). Esses dados irão alimentar três tipos de modelos epidemiológicos complementares, de caráter estatístico, que permitam estimar, de forma realista, a evolução de doenças relacionadas à SARS.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 05/05/2022-31/05/2025
Foto de perfil

Adriana de Andrade Mesquita

Ciências Sociais Aplicadas

Serviço Social
  • a (re)configuração da política de assistência social brasileira na cena contemporânea
  • A implantação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), em 2005, trouxe inflexões significativas à institucionalidade da assistência social no Brasil. Buscando introduzir uma lógica integrada entre serviços, programas e benefícios, o SUAS veio dar materialidade à previsão constitucional de um sistema descentralizado e participativo para a área. Desde então, o SUAS expandiu suas ações, seja em termos de benefícios e programas, seja no que tange à oferta de serviços, possibilitando incorporar segmentos sociais anteriormente excluídos ou com enormes dificuldades de acessar os direitos sociais. Mas o processo de constituição do SUAS também tem enfrentado limites e contradições, postos por elementos de ordem estrutural relativos à acumulação capitalista em seu estágio atual quanto por um conjunto de aspectos políticos-institucionais que tem conformado sua condução no país. Esses limites têm se aprofundado na conjuntura que se abre no país em anos recentes, quando uma série de medidas adotadas pelo governo federal radicaliza o projeto neoliberal, acarretando cortes nos gastos sociais, desmonte do sistema de proteção social constituído no pós-88 e retrocessos nos direitos sociais. Examinar essas mudanças recentes no âmbito da política de assistência social no Brasil e como elas afetam a configuração político-institucional do SUAS é a preocupação que orienta a pesquisa. O objetivo central é analisar a configuração institucional da política nacional de assistência social (PNAS) diante da atual conjuntura. Para alcance dos objetivos, nos apropriamos de metodologias diversas: pesquisa bibliográfica, documental, ciência de dados, survey e entrevistas que melhor auxiliem no processo de desenvolvimento da pesquisa. Entendemos que a aproximação à temática gerará informações importantes para a apreensão da realidade, construção de conhecimento científico e propostas de intervenções entre estudiosos, gestores e formuladores de política que lidam diretamente com a PNAS.
  • Universidade Federal de Ouro Preto - MG - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Adriana de Miranda-Ribeiro

Ciências Sociais Aplicadas

Demografia
  • fatores escolares determinantes da alta qualidade do ensino médio da rede pública: uma análise para a brasil, unidades da federação e capitais
  • O ensino médio, última etapa do ensino básico no país, prepara os jovens para o mercado de trabalho ou para a entrada no ensino superior. No Brasil, apesar da expansão do número de vagas, o percentual de jovens matriculados no ensino médio ainda é baixo, quando comparado ao ensino fundamental e suas estatísticas são marcadas pelos elevados índices de evasão e abandono. Realidades distintas e heterogeneidade em diversos níveis fazem de qualquer análise do ensino médio público no país um grande desafio. Nessa condição, a qualidade dos serviços prestados assume proporções ainda mais relevantes. O que está por trás do bom desempenho dos alunos de uma determinada escola? Que fatores impactam positivamente na qualidade do ensino? Quais características da escola estão associadas aos melhores resultados? O presente projeto se insere nesse contexto, ao propor a compreensão da relação entre fatores escolares e qualidade do ensino médio público, na busca por evidências que possam contribuir para a melhoria do sistema educacional público brasileiro. O objetivo principal é identificar quais os fatores escolares são determinantes da alta qualidade do ensino das escolas públicas de ensino médio das administrações federal e estadual no Brasil, Unidades da Federação e capitais. Utilizaremos conjuntamente as bases de dados do Censo Escolar (2018) – para identificar os fatores escolares - e do Exame Nacional do Ensino Médio (2016 a 2020) – para mensurar a qualidade do ensino, aplicando a mineração de dados e modelos estatísticos. As unidades de análise serão o Brasil, unidades da Federação e capitais. Pretendemos contribuir para o entendimento dos fatores determinantes da qualidade do ensino médio público no país e criar parâmetros que possam auxiliar a proposição de políticas públicas que visem a melhoria da qualidade do ensino médio público no país.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Adriana Flach

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • composição química e atividade biológicas de própolis
  • Própolis é um material resinoso elaborado pelas abelhas a partir de resinas coletadas de plantas e é utilizada na colônia para proteger o ninho. Sua constituição química é bastante variada e depende entre outros fatores da espécie de abelha e da flora da região o que a torna uma fonte diversificada para exploração de perfil químico e atividade biológica. Por esse motivo o presente trabalho tem como objetivo caracterizar e isolar marcadores, além de determinar do potencial biológico de própolis produzida no extremo norte do Brasil. Para essa finalidade, inicialmente serão selecionadas abelhas produtoras de própolis, coletadas amostras que serão extraídas para obter voláteis, assim como serão extraídas com diferentes solventes extratores. Os extratos e voláteis serão submetidos à atividade antioxidante e antimicrobiana para determinar os extratos mais ativos. Os extratos ativos serão fracionados e caracterizados quimicamente buscando identificar moléculas bioativas.
  • Universidade Federal de Roraima - RR - Brasil
  • 18/02/2019-28/05/2023
Foto de perfil

Adriana Fontes

Ciências Biológicas

Biofísica
  • estratégias biofotônicas para inativação de candida spp. assistidas por nanoestruturas metálicas
  • A C. albicans é a principal espécie relacionada a casos graves de candidíase recorrentes, levando à exposição tóxica frequente de tratamentos antifúngicos sistêmicos. O uso indiscriminado de antifúngicos viabiliza a emergência e disseminação de cepas resistentes, as quais estão associadas com prolongamento de hospitalizações e alta mortalidade. Logo, a inativação fotodinâmica (PDI) surge como uma tecnologia promissora para o tratamento de infecções por Candida spp. Até então, não há relatos de resistência microbiana após a PDI. O efeito fotodinâmico ocorre quando, em presença de oxigênio, a luz excita o fotossensibilizador (FS), levando à produção de espécies reativas de oxigênio (EROs) com ação citotóxica localizada. A nanotecnologia apresenta potencial para aprimorar ainda mais a PDI, especialmente as nanoestruturas de prata (AgNSs), que podem ajudar a elevar a produção de EROs por efeito plasmônico, além da prata ter atividade antimicrobiana. Assim, esse estudo tem como objetivo avaliar os efeitos da PDI em isolados sensíveis e resistentes de C. albicans planctônicas e em biofilmes utilizando como FSs as porfirinas ZnTnHex-2-PyP4+ (ZnP hexil), ZnTE-2-PyP4+ (ZnP etil) e/ou azul de metileno (AM) associados ou não a AgNSs esféricas e/ou prismáticas (FS-AgNSs). Esses FSs apresentam um grande potencial para PDI. Serão avaliados diferentes parâmetros de irradiação e concentrações de FSs e FS-AgNSs na PDI dos isolados de C. albicans, na sua forma planctônica e em biofilmes, para determinar os mais eficientes para sua inativação. Os efeitos da PDI sobre os isolados serão também avaliados por microscopias de fluorescência e eletrônica de varredura. Também será realizado ensaio de citotoxicidade em linhagem epitelial imortalizada (mamíferos). Espera-se que a presente proposta venha auxiliar o estabelecimento de terapias alternativas para candidíase, de modo que possa trazer benefícios no tratamento e na qualidade de vida dos indivíduos acometidos por essa infecção.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 06/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Adriana Martinelli Catelli de Souza

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • reciclagem e reaproveitamento de resíduos em polimeros
  • A elevada produção de plásticos associada ao baixo nível de reciclagem e o descaso no descarte destes materiais têm sido o maior problema ambiental do século XXI. Soluções de engenharia podem auxiliar na resolução deste problema, como a viabilização de processos de reciclagem e o reaproveitamento dos produtos pós consumo e dos rejeitos industriais. Como a reciclagem mecânica é considerada a melhor forma de reciclar polímeros por usar menos recursos e energia, uma das alternativas para reaproveitar sucatas poliméricas seria o seu reuso no desenvolvimento de novas blendas e compostos poliméricos, agregando valor a este resíduo. O objetivo deste projeto é estudar a possibilidade de reaproveitar os produtos pós consumo e os rejeitos industriais para formar novos compostos e blendas de matriz polimérica, visando agregar valor aos resíduos e encontrar alternativas para evitar o descarte inadequado destes materiais no meio ambiente. Estes rejeitos poderão funcionar como modificadores de impacto, cargas de reforço ou de enchimento, ou até agentes compatibilizantes. Resíduos de ionômeros usados na fabricação de embalagens de cosméticos, polietileno reticulado usado em revestimentos de fios condutores, espumas termofixas, serão usadas nos estudos. Estes resíduos serão incorporados em matrizes de termoplásticos commodities e de engenharia. Os compostos serão obtidos por extrusão seguida de injeção dos corpos de prova. Em seguida, serão submetidos a ensaios mecânicos (tração, flexão, impacto, fadiga), térmicos (HDT, DSC e TGA) e morfológicos (MEV). Neste projeto, será solicitado verba para adquirir o equipamento acessório RCS40 para controle da taxa de resfriamento a ser acoplado no equipamento de DSC Q20, pertencente ao Centro Universitário FEI, que permitirá o desenvolvimento de uma caracterização térmica mais completa dos compostos obtidos. Esta caracterização trará informações sobre a microestrutura dos compostos, sendo possível relacioná-la com seu desempenho mecânico.
  • FUNDACAO EDUCACIONAL INACIANA PADRE SABOIA DE MEDEIROS - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Adriana Massaê Kataoka

Ciências Humanas

Educação
  • educação ambiental e crise climática: uma abordagem emergente para o ensino
  • A Educação Ambiental (EA) tem se configurado como uma das melhores alternativas para o enfrentamento da crise ambiental. Entre todas as temáticas a serem problematizadas pela EA, a crise climática emerge como um tema de relevância ímpar. Desde o quinto relatório do IPCC, é enfatizada a necessidade de envolver aspectos sociais e educacionais sobre o tema. Premissas como essas são, também, contempladas no Acordo de Paris. A EA apresenta uma perfeita aderência com a problemática da emergência climática e apoiada na teoria da complexidade oferece, ainda, melhores condições para o enfrentamento do desafio que a crise climática impõe. Nessa tessitura, a escola e a universidade se configuram como espaços fulcrais para a abordagem da emergência climática. Todavia, pesquisas recentes têm demonstrado que a EA ainda vem sendo trabalhada a partir de enfoques conservadores, apoiados em abordagens tradicionais de ensino e aprendizagem. Diante dos dados do último relatório do IPCC, a presente pesquisa busca responder, as seguintes questões problema: Qual é o entendimento que professores da Educação Básica e Superior de diferentes contextos compartilham e divergem sobre a crise climática? Quais as abordagens pedagógicas que esses participantes consideram mais adequadas para esse tema? Ao responder essas interrogantes a pesquisa poderá subsidiar estratégias de ensino e aprendizagem para o enfrentamento da problemática da crise climática. Para tanto, a presente proposta pauta-se nas abordagens qualitativas de pesquisa, e será estruturada em duas etapas: estudo exploratório e pesquisa participante. Participarão professores da educação básica e superior do Brasil, da Costa Rica e de Portugal. Na primeira etapa, serão utilizados dois instrumentos de pesquisas, questionário e entrevista-narrativa. A segunda fase trata-se de pesquisa participante com vistas ao desenvolvimento de estratégias pedagógicas e materiais didáticos que potencializem o ensino e a aprendizagem da crise climática.
  • Universidade Estadual do Centro-Oeste - PR - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Adriana Pugliese Netto Lamas

Ciências Humanas

Educação
  • espaços museais, alfabetização científica e as relações entre ciência, tecnologia, sociedade e ambiente
  • O presente projeto busca explorar as relações de Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente (CTSA) no ensino de ciências e no contexto da alfabetização científica (AC), tendo como pano de fundo os espaços museais. Ao relacionar AC com o enfoque CTSA são promovidas visões críticas e complexas dos processos de AC, assim como de questões sobre comunicação pública da ciência. Trata-se, portanto, de investigarmos em que medida tais temas alicerçam as reflexões e as práticas nos espaços museais, de modo a respondermos o seguinte problema de pesquisa: Considerando a abordagem de temas vinculados à AC e às relações CTSA nos museus, como a articulação entre tais temas constituem o diálogo dos visitantes durante as visitas? Quais os desafios e entraves no que concerne explorar as relações CTSA nas interações entre os museus e seus públicos? Desta forma, pretende-se compreender se e como os objetos e discursos presentes nas exposições e ações pedagógicas museais dialogam com a perspectiva da alfabetização científica e se estabelecem relação com CTSA, considerando questões sociocientíficas (QSC), temas sensíveis e/ou controversos. A metodologia tem por base a perspectiva qualitativa de pesquisa apoiada no campo da educação em museus; serão feitos estudos de caso em museus nacionais e internacionais. A coleta de dados ocorrerá a partir de: observação in locu, análise de documentos, gravação e registro fotográfico de visitas e exposições, além de entrevistas com profissionais de museus e público espontâneo e escolar. As análises visam compreender as relações estabelecidas entre público/exposição, educador/público e museu/professores, e terão por base os referenciais teóricos: freireano da pedagogia libertadora, de AC (inclusive os indicadores de AC em museus de ciências), as vertentes e discussões CTSA e os modelos de comunicação pública da ciência.
  • Universidade Federal do ABC - SP - Brasil
  • 08/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Adriana Richit

Ciências Humanas

Educação
  • desenvolvimento profissional de professores e futuros professores
  • O desenvolvimento profissional, concebido como fenômeno contínuo e dinâmico pelo qual o professor desenvolve-se pessoal e profissionalmente, transcendendo o nível individual para o coletivo, constitui-se em componente central das propostas para melhorar a educação. Esse processo envolve a formação inicial, as atividades profissionais cotidianas do professor, suas vivências pessoais, suas crenças e disposições, os elementos da cultura profissional, assim como os diversos dispositivos de formação vivenciados ao longo da carreira, promovendo o crescimento pessoal e profissional e fomentando mudanças na prática. Além disso, caracteriza dispositivos de formação com características particulares, como as comunidades de aprendizagem profissional e os estudos de aula (lesson study), os quais são influenciados pelas características dos contextos, condições de trabalho, estratégias de trabalho concretizadas. Considerando esses aspectos, interessamo-nos em investigar o desenvolvimento profissional de professores da educação básica e superior, bem como futuros professores, evidenciando dimensões basilares (componentes) e aspectos intervenientes no crescimento pessoal e profissional docente. O estudo, de natureza qualitativa-interpretativa e apoiado na perspectiva de desenvolvimento profissional de Thomas Guskey e Christopher Day, envolverá a análise de documentos oficiais relativos às políticas e ações de formação professores da educação básica e docentes de cursos de licenciatura. Envolverá a aplicação de questionários, captação de narrativas e realização de entrevista a futuros professores, professores da educação básica e educação superior (formadores de futuros professores) da região de abrangência da UFFS, da UFPR e IFC. Prevê, ainda, o desenvolvimento de atividades formativas para investigação empírica com potencial para o desenvolvimento profissional de professores de diferentes níveis de atuação, tais como os estudos de aula, comunidades de aprendizagem.
  • Universidade Federal da Fronteira Sul - SC - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Adriana Vidal de Oliveira

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • rotas de cuidado, mapas de direitos: mapeamento dos deslocamentos de trabalhos reprodutivos para uma cidade menos desigual
  • A ausência de dados sobre os deslocamentos feitos na cidade para as funções de cuidado é um grande entrave para a concretização de direitos no espaço urbano. Esta ausência de dados se relaciona diretamente com a invizibilização de trabalhos domésticos realizados por mulheres, principais cuidadoras dos grupos familiares e/ou grupo mais representativo entre os trabalhos domésticos remunerados. Sendo a organização dos transportes e dos serviços urbanos gerida baseada em dados que não consideram estes deslocamentos, as políticas urbanas têm difícil chance de real efetividade para cidades menos desiguais e mais acessíveis à toda população. Possibilitando o mapeamento destes deslocamentos via de regra ignorados, pode-se contribuir para a alocação de serviços de maneira a atender os fluxos reais da cidade, garantindo o acesso a direitos que deles dependem, como educação, saúde, lazer, além de uma melhor gestão de transportes. A gestão de transportes e serviços tem sido uma das principais questões de projetos urbanos ao redor do globo para aumento da qualidade de vida e, sobretudo após as crises geradas pela pandemia de Covid-19, criação de cidades com menos dependência de grandes deslocamentos (compactas), como o atual projeto da cidade de quinze minutos em Paris. Mas, para tanto, é necessária a produção de dados reais sobre os deslocamentos de cuidado. A presente proposta pretende, pois, criar mecanismos para suprir esta lacuna a partir da combinação de pesquisas qualitativas e ferramentas tecnológicas. Concretamente, será criado um aplicativo para mapeamento dos deslocamentos diários de um grupo amostral significativo de mulheres, articulado a pesquisas qualitativas sobre o tema, para gerar dados sobre os deslocamentos de cuidado e, com isso, contribuir com o planejamento urbano e efetivação de direitos na cidade.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 23/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Adriane Belló Klein

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • mecanismos fisiopatológicos envolvidos na caquexia cardíaca induzida por hipertensão arterial pulmonar: avaliação do papel protetor da melatonina
  • O projeto propõe avaliar o papel da melatonina na prevenção da caquexia muscular induzida pela hipertensão arterial pulmonar (HAP). Sabe-se que a insuficiência cardíaca provocada pela HAP desencadeia um aumento na atividade de vias catabólicas e caquexia. A ação benéfica da melatonina já foi constatada nas complicações da HAP; porém, não existem estudos que explorem seu impacto sobre a caquexia decorrente da HAP. Portanto, hipotetizamos que a melatonina reduz a caquexia induzida pela HAP, devido à sua ação antioxidante, anti-inflamatória e estimulatória das vias de sobrevivência celular. Este tema é bastante relevante, pois pacientes com caquexia associada a doenças cardiovasculares apresentam pior prognóstico e maior mortalidade, e não há estratégias terapêuticas para prevenir essa condição. A proposta é induzir a caquexia por monocrotalina em camundongos e ratos e acompanhar a função cardíaca e o estado de caquexia. A melatonina será fornecida como terapia durante 8 e 4 semanas em camundongos e ratos, respectivamente. Serão avaliados a força de contração muscular e indicadores de caquexia. Além disso, o papel do estresse oxidativo, do sistema imunitário e inflamatório, do estresse de retículo endoplasmático e as vias de morte e sobrevivência celular também serão foco do estudo. Dos seis pesquisadores proponentes, 3 são bolsistas de produtividade em pesquisa do CNPq e possuem diversos artigos em colaboração na área do estresse oxidativo, inflamação e sistema cardiovascular. A UFRGS será a instituição executora e a UFPel e Hospital de Clínicas de POA serão colaboradoras. O projeto propõe uma nova estratégia para o tratamento da caquexia, portanto, além da perspectiva translacional do projeto, cujos resultados podem contribuir para o tratamento de uma doença com alta mortalidade, este estudo irá acrescentar conhecimentos importantes para a compreensão de mecanismos moleculares envolvidos com a ação da melatonina no músculo caquético que ainda não foram explorados.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Adriane Orenha Ottaiano

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • desenvolvimento de uma metodologia e aprimoramentos de recursos lexicográficos para uma plataforma on-line de dicionários de colocações acadêmicas em português e inglês
  • Devido à crescente demanda por publicações de textos acadêmicos e divulgação de estudos em congressos nacionais e internacionais, o desenvolvimento de trabalhos lexicográficos específicos, como dicionários na área acadêmica, é um tema de suma importância. Entre os muitos usuários que podem se beneficiar dessa ferramenta auxiliar lexicográfica especializada estão os estudantes universitários, além de professores universitários e pesquisadores. Face a essa demanda, é inegável que se fazem necessárias ferramentas lexicográficas desenvolvidas especialmente para escritores acadêmicos. Desse modo, esta pesquisa visa desenvolver uma metodologia para a criação de dicionários de colocações acadêmicas guiados por corpus, neste caso uma coletânea de textos acadêmicos em formato eletrônico, bem como aprimorar os recursos existentes (Orenha Ottaiano, 2020, 2021) para a criação de uma Plataforma On-line de Dicionários Monolíngues de Colocações Acadêmicas em Português do Brasil e em Inglês. Para tanto, estabeleceremos critérios para definir colocações acadêmicas e elaboraremos um método de identificação e extração automática de colocações acadêmicas (Kuhn, 2017), a partir de corpora de textos acadêmicos já compilados em português e inglês (Kuhn; Ferreira, 2020; Kosem, 2010). Além disso, aprimoraremos recursos lexicográficos desenvolvidos (Orenha-Ottaiano et al., 2020, 2021) para a Plataforma On-line de Dicionário de Colocações Multilíngues (PLATCOL – Proc. Fapesp 2020/01783-2), devidamente adaptado à linguagem acadêmica. Após essas etapas, adequaremos a interface de usuário final existente da PLATCOL para atender às características macro e microestruturais dos Dicionários de Colocações Acadêmicas e sua publicação on-line como protótipos em português brasileiro e inglês. Ao fornecer tais ferramentas aos usuários, esperamos que sua competência colocacional na escrita acadêmica seja aprimorada, resultando em uma melhor produção de textos acadêmicos.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 26/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Adriane Regina Todeschini

Ciências Biológicas

Biofísica
  • transição mesenquimal-epitelial como alvo para suprimir a resistência ao tratamento em câncer de mama
  • O câncer é uma doença com elevadas taxas de incidência e mortalidade, que vem se tornando um problema de saúde pública no Brasil e no mundo. A resistência ao tratamento e progressão tumoral são as principais causas de mortes em pacientes oncológicos. Nessa interface, se encontra a transição epitélio-mesenquimal (TEM), um programa biológico que converte células epiteliais em um estado fenotípico mesenquimal. Esse processo é ativado por sinais intra e extracelulares e requer alterações em vias de sinalização e a regulação diferencial de circuitos gênicos. Dentre os sinais que modulam a TEM, podemos destacar fatores do microambiente tumoral, como as citocinas pró-inflamatórias e os fatores de crescimento, condições de hipóxia e privação de nutrientes, tratamento com drogas-alvo e agentes genotóxicos, como a quimioterapia e a radioterapia. Como resultado da TEM, as células passam a exibir características mais agressivas, como o fenótipo tronco, a capacidade de invasividade e colonização de órgãos distantes e o desenvolvimento de resistência terapêutica. Sendo assim, a TEM desempenha um papel importante tanto no desenvolvimento, quanto na contribuição para a metástase tumoral e recaída da doença. Diante desse panorama, o objetivo do presente projeto, que envolve pesquisadores da UFRJ, UFF, UERJ e do INCA, é investigar mecanismos celulares e moleculares que atuem na interface entre o fenótipo TEM e de resistência ao tratamento do câncer. A exploração dessas vulnerabilidades tumorais permitiu a identificação de alvos moleculares e de novas abordagens visando o bloqueio da TEM em neoplasias que serão exploradas nesta proposta. A melhor compreensão da dinâmica da plasticidade celular durante a ativação do programa TEM pode prover o racional para o desenho de novas estratégias capazes de suprimir mecanismos de resistência e melhorar a resposta às terapias anticâncer.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Adriano Akira Ferreira Hino

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • determinantes motivacionais para a prática de atividade física em diferentes ciclos da vida: uma análise das evidências científicas
  • A motivação para a atividade física é reconhecida como um elemento central no entendimento de porque algumas pessoas são ativas e outras não. Assim, esse estudo tem como objetivo analisar as evidências científicas sobre os determinantes motivacionais da atividade física por ciclos da vida (crianças, adolescentes, adultos e idosos) e grupos populacionais específicos (mulheres, pessoas com deficiência, de baixa renda e gestantes) em diferentes domínios de prática (lazer, deslocamento, no trabalho, em casa e na escola) com foco em ações vinculadas ao Sistema Único de Saúde. Para tanto, será formada uma Rede de Pesquisadores, a fim planejar, executar e interpretar as informações científicas oriundas de três revisões sistemáticas, incluindo dados nacionais e internacionais: a) uma revisão das revisões sobre fatores que motivam para a prática de atividade física; b) uma revisão das evidências nacionais sobre motivadores para atividade física por ciclo da vida e contexto de prática; c) avaliação da aplicabilidade dos determinantes motivacionais da atividade física no contexto do SUS. As decisões metodológicas das sínteses de evidências a serem realizadas no presente projeto de pesquisa serão baseadas em manuais e diretrizes internacionais (PRISMA, PRESS). A aplicabilidade dos determinantes do contexto do SUS será analisado por meio de uma análise qualitativa que terá dois principais objetivos: a) avaliar a aplicabilidade dos determinantes motivacionais da atividade física nas ações de promoção da atividade física no contexto do SUS e b) identificar oportunidades e meios para divulgar as conclusões do projeto para este grupo. Para que esta etapa seja cumprida, serão formados o que chamaremos de "painel de especialistas". Este painel será composto por um grupo de profissionais para cada ciclo da vida (crianças, adolescentes, adultos e idosos) e grupo populacional específico (mulheres, pessoas com deficiência, de baixa renda e gestantes), que participaram de grupos focais para anteder aos objetivos propostos. Espera-se que o projeto tenha seus desfechos em quatro tópicos: (1) formação de recursos humanos; (2) produção técnica; (3) produção científica; e, (4) ações de difusão científica e tradução do conhecimento. Por fim, serão utilizadas diferentes estratégias para disseminar a síntese das evidências produzidas e elaborar recomendações sobre os determinantes motivacionais para atividade física no contexto do Sistema Único de Saúde. Destaca-se como ponto forte da proposta a integração de pesquisadores de diferentes regiões do Brasil que atuam em programas de Pós-graduação e possuem vivências de pesquisa e formação de recursos humanos voltados ao contexto do SUS. Espera-se que os resultados da construção das evidências dos motivadores para atividade física possam contribuir para ações que promovam maior engajamento populacional em atividade física.
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PR - Brasil
  • 21/01/2021-31/01/2023
Foto de perfil

Adriano Beiras

Ciências Humanas

Psicologia
  • variáveis psicossociais associadas ao feminicídio em santa catarina
  • O objetivo desta pesquisa é analisar os inquéritos policiais de homicídio de mulheres instaurados em Santa Catarina (SC) entre os anos de 2018 a 2020 para compreender o processo de tomada de decisão dos delegados para definir um homicídio de mulher como feminicídio, bem como analisar as variáveis psicossociais associadas aos casos. Para isso a pesquisa será realizada em duas etapas: 1) esta etapa já está em processo - análise de todos os inquéritos policiais (IP) que tiveram como sugestão final a qualificadora do feminicídio, instaurados entre os anos de 2018 e 2020 (aproximadamente 150), e o número equivalente de IPs de homicídios femininos não qualificados como feminicídio. 2) Realizaremos entrevistas semiestruturadas com aproximadamente 20 delegados/as que já tenham presidido pelo menos um IP de homicídio de mulher, após a aprovação da Lei do Feminicídio. Com essa pesquisa esperamos mapear as particularidades regionais referentes aos homicídios de mulheres e assim avançar nos estudos sobre a temática, fornecendo uma importante fonte de dados para futuras pesquisas. A sistematização destes resultados tem o potencial de auxiliar na criação de políticas públicas efetivas, baseadas nas realidades das mesorregiões catarinenses. Além disso, com um panorama delineado desses homicídios, poderão ser oferecidas capacitações para policiais civis que trabalham diretamente com as investigações de assassinatos de mulheres, considerando as razões de gênero e os objetivos do desenvolvimento sustentável da ONU.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Adriano Brilhante Kury

Ciências Biológicas

Zoologia
  • reconstrução da coleção científica de aracnologiado museu nacional
  • A coleção científica do Setor de Aracnologia do Museu Nacional/UFRJ (= AracnoLab) era uma das coleções mais dinâmicas da instituição, fornecendo grande movimento em empréstimos de material e baseando numerosas pesquisas. Possuía importância histórica, mas principalmente um imenso crescimento nas últimas décadas devido à atuação do presente curador, A.B. Kury, que consegui recrutar uma equipe profissional e dedicada, incluindo egressos fortemente dedicados ao grupo de trabalho. O incêndio que se abateu sobre o palácio do Museu Nacional em 2 de setembro de 2018 privou a humanidade desse modelar repositório de biodiversidade justamente no século das extinções. O presente projeto visa mostrar os passos concretos que podem ser dados para que o AracnoLab possa reconstruir esse patrimônio.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023