Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Andrea Pedrosa Harand

Ciências Biológicas

Botânica
  • o papel das mudanças cromossômicas na evolução da família leguminosae: uma abordagem filogenética, citomolecular e genômica
  • Leguminosae é a segunda família de angiospermas em importância econômica e a terceira mais diversa, com cerca de 20.000 espécies. Essa grande diversificação foi acompanhada de mudanças genômicas e cromossômicas, como a variação de sua fração repetitiva (repeats) levando a mudança no tamanho dos genomas, duplicação do genoma total (poliploidia) e mudança no número cromossômico por rearranjos estruturais (disploidia), algumas provavelmente adaptativas. Estudos filogenéticos recentes levaram a profundas mudanças na classificação da família em diferentes níveis, mas muitas das relações filogenéticas ainda não foram elucidadas, nem o impacto das mudanças cromossômicas para a diversificação de seus grupos. Nos últimos anos, a sistemática, a citogenética e mesmo a filogenia molecular vegetal têm sido revolucionadas pelos sequenciamentos genômicos de nova geração (NGS, do inglês next generation sequencing). Sendo assim, o presente projeto pretende investigar o impacto de mudanças cromossômicas e genômicas na diversificação e adaptação de leguminosas, tendo como objetivos específicos: i) Investigar as relações filogenéticas de Cenostigma Tul., as catingueiras, com base em plastomas e na diversificação de seus repeats; ii) Elucidar a organização genômica dos repeats do pau-brasil (Paubrasilia echinata (Lam.) Gagnon, H.C.Lima & G.P.Lewis) e seu impacto para a interação genoma-ambiente; iii) Avaliar como a poliploidia afeta a distribuição geográfica das leguminosas na Caatinga; iv) Investigar como a displodia impacta a organização genômica e seus mecanismos causadores. Para isso, integraremos sequenciamentos NGS (Illumina e PacBio) para montagem de genomas nucleares e plastidiais, caracterização de repeats, análises filogenômicas e correlações com variáveis ambientais, contagens cromossômicas e citometria de fluxo para detecção de eventos de poliploidia e disploidia, e pintura e barcode cromossômicos por oligo-FISH para caracterização de rearranjos cromossômicos.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Andrea Piga Carboni

Engenharias

Engenharia Naval e Oceânica
  • projeto e construção de um veículo rebocado towfish
  • O monitoramento da qualidade das águas oceânicas é de vital importância para preservação da biodiversidade, saúde populacional e para as mais variadas atividades econômicas. A economia azul que se refere ao conjunto de atividades ligadas direta ou indiretamente ao mar, movimenta 19% do Produto Interno Bruto brasileiro. Esta pluralidade de recursos e atividades, principalmente de recursos naturais marinhos vivos e não-vivos suscita especial atenção no que tange à vigilância e à proteção das áreas marinhas. Atualmente os dispositivos como Towfish, dispositivo de monitoramento rebocados por embarcações e para a medição da qualidade da água marinha, são importados e apresentam custo elevado, limitando a sua difusão. Este projeto propõe o desenvolvimento um dispositivo rebocável Towfish de asa ativa, que controla ativamente sua profundidade, para monitoramento de amplas áreas marítimas, ao qual é integrado um conjunto de sensores para monitoramento em tempo real da qualidade da água. O veículo possuirá uma eletrônica embarcada, integrado com um conjunto de sensores para monitoramento da coluna de água, como: temperatura, pressão, salinidade, turbidez, fluorescência, óleo cru e óleo refinado. Nesse contexto, o desenvolvimento de um sistema de monitoramento robusto, de baixo custo e de fácil manuseio, tem o potencial de apresentar importantes impactos socioambientais. Para tanto, será utilizada metodologia PRODIP, projeto integrado de produto, realizado por equipe binacional e apoio de empresa parceira na área de maricultura. Assim, o projeto apresentado nesta proposta amplia os conceitos abordados em versão anterior e que sem controle ativo de profundidade. Informações sobre o protótipo podem ser encontrada no site do laboratório de simulação naval da UFSC Joinville. A atual proposta proporciona o desenvolvimento de tecnologia madura em estratégias de controle ativo de profundidade, de TRL 6, aproximando o resultado alcançado de produto final para comercialização.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Andréa Vettorassi

Ciências Humanas

Sociologia
  • precarização do trabalho na pandemia: uma perspectiva interseccional
  • O mundo do trabalho foi intensamente afetado pelas medidas sanitárias impostas pela pandemia global da COVID-19 em 2020. No Brasil, os processos de precarização, que já estavam em curso, foram intensificados durante a pandemia. Analisar esse cenário à luz das reflexões sociológicas possibilita a compreensão da dinâmica do processo, bem como a indicação de possíveis políticas públicas. Muitas são as características das relações de trabalho precárias: trabalho por tempo determinado ou intermitente, desocupação, curtos períodos de ocupação, informalidade e desalento. Mas na pandemia outros atributos promovem a precarização: a exposição massiva à doença, home office, extrapolação de carga horária de trabalho, isolamento, distanciamento social e acesso às medidas sanitárias de saúde vistos como privilégios, e não direitos. Na corrente dessas precariedades, tradicionais marcadores de diferenças tornam a análise interseccional fundamental para sua compreensão: em geral, mulheres, pessoas pobres, pretas e pardas são notadamente mais afetadas por elas. Nesse contexto, o Núcleo de Estudos sobre o Trabalho propõe relacionar, a partir da perspectiva interseccional de raça, gênero e classe, o processo de intensificação da precarização do trabalho em decorrência da pandemia. Tem-se como hipótese que consequências da pandemia no mercado de trabalho, como desocupação, desalento e precarização estão relacionadas a marcadores interseccionais como gênero, classe e raça, em arranjos específicos concernentes a grupos ocupacionais mais afetados. Nesse sentido, optamos por uma estratégia metodológica qualiquantitativa: a etapa quantitativa envolve um mapeamento longitudinal do mercado de trabalho brasileiro no período da pandemia, identificando os grupos ocupacionais que sofreram precarização ou desocupação mais intensa. Para análise qualitativa recorremos à análise de conteúdo, análise do discurso e hermenêutica de profundidade.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 01/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Andrei Bonamigo

Engenharias

Engenharia de Produção
  • cocreatup: inovações tecnológicas cocriadas para o setor de serviços agroindustriais
  • O agronegócio leiteiro é uma das principais atividades agroindustriais brasileiras e que mais emprega, com efeitos na geração de renda e emprego. De acordo com a FAO (2019), o Brasil é o terceiro maior produtor mundial de leite, atrás apenas dos Estados Unidos e da Índia. Embora o setor leiteiro tenha representatividade no cenário econômico do país, o setor apresenta entraves ligados à falta de gestão, acesso a tecnologias e problemas de qualidade do leite, como por exemplo na rastreabilidade dos produtos lácteos. Nessa ótica, Bonamigo (2017) e Bonamigo et al., (2020) apontam que essa lacuna está atrelada à falta de cooperação para cocriação de valor entre os atores que compõem o contexto agroindustrial leiteiro. A relação entre as partes se limita a uma relação de compra e venda, com limitada cooperação e colaboração para a complementaridade de conhecimento, recursos e informações para a geração de novos produtos, serviços e transposição dos entraves que o setor apresenta. Diante do exposto, o presente projeto objetiva desenvolver e testar empiricamente uma plataforma digital para conectar múltiplos atores, de modo que cada parte possa apresentar seus pontos fortes e fraquezas e, via plataforma, prover suporte ao processo de seleção, integração e gestão da relação entre as partes, de forma a cocriarem valor, a partir de critérios de desempenho pré-estabelecidos. Para atingir esse objetivo, o presente projeto contempla um conjunto de etapas desde o diagnóstico teórico e empírico do setor lácteo brasileiro, desenvolvimento da proposta de tecnologia baseada na indústria 4.0 e teste empírico da proposta. A partir da proposta consolidada, será possível prover suporte de gestão no processo da cocriação de valor, gerenciar os projetos cocriados, gerenciar riscos e estimular a inovação em produtos e serviços.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 21/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Andrei Steveen Moreno Rodriguez

Ciências Humanas

Educação
  • mapeamento da comunidade latino-americana de pesquisa em educação química: uma análise de suas produções
  • No Brasil, a área de Educação Química vem se consolidando durante os últimos 40 anos. No entanto, trata-se de uma área de conhecimento pouco reconhecida na América Latina (AL). Os Educadores químicos desta região do planeta ainda trabalham de forma predominantemente isolada e as colaborações internacionais entre indivíduos e instituições da AL são incipientes. Isso é evidente, já que a quantidade de eventos, redes e periódicos científicos específicos da área, dentro da região, é pouco significativa. Tendo em conta a história de colonização da AL, que impôs uma racionalidade eurocêntrica (colonialidade do conhecimento), ainda existente, assim como o momento atual de crise socioambiental na AL, faz-se necessário fortalecer os processos e atividades de cooperação internacional desta região. Tal estratégia pode ser considerada como parte fundamental do processo de construção de uma sociedade mais justa e sustentável. Considerando esses aspectos, propomos a seguinte questão de pesquisa: Onde, como e quais conhecimentos têm sido produzidos por pesquisadores latino-americanos em Educação Química? Assim, este estudo tem por objetivo mapear a comunidade latino-americana de educadores químicos e analisar suas produções científicas. Para atingir tal propósito serão empregados os procedimentos metodológicos descritos a seguir: busca de dados em diretórios institucionais, bases de dados e revistas científicas; busca em redes sociais, acadêmicas e profissionais; levantamento de dados a partir do envio de formulários para instituições de Educação Básica e Superior de AL, assim como para redes de pesquisadores; identificação de atividades de cooperação das instituições da AL e análise de produções científicas dos educadores químicos. Os dados obtidos no projeto serão analisados à luz da Análise Textual Discursiva. Os resultados obtidos do processo permitirão a constituição de novas redes acadêmicas e a produção de material bibliográfico referente a área de Educação Química na AL.
  • Universidade Estadual de Santa Cruz - BA - Brasil
  • 01/04/2022-30/04/2025