Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Juan Pablo de Lima Costa Salazar

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • simulação e análise de big data do ruído de aeronaves e seus mecanismos de geração (song)
  • O uso eficiente de plataformas de computação de alto desempenho (High Per-formance Computing- HPC) é de importância crítica para as estratégias de desen-volvimento nacional de todos os países BRICS. No entanto, há uma reconhecida carência em tecnologias de informação eficientes capazes de aproximar HPC às descobertas científicas e projeto de engenharia, de diminuir os custos de inovação e desenvolvimento de novos produtos. O Internacional Project Consortium (IPC) aqui apresentado tem o intuito de melhorar essa situação pelo desenvolvimento conjunto de algoritmos e software inovadores, sistemas escaláveis até a hexaescala, para a solução de problemas desafiadores como a redução significante de ruído gerado por aeronaves. Aeronaves abrangem toda máquina voadora civil, desde a frota crescente de aviões até veículos aéreos não-tripulados (VANTs) menores que têm se tornado cada vez mais populares. A International Civil Aviation Organization (ICAO) constantemente restringe os níveis permissíveis de ruído gerados por aeronaves. Essas medidas são realizadas com o objetivo de melhorar a condição ambiental ao redor de aeroportos e áreas urbanas. Além de jatos de passageiros, uma nova e importante direção na pesquisa de redução de ruído está associada com o ruído de VANTs propelidos por rotores. Em um futuro próximo VANTs devem tornar-se um elemento indispensável de cidades inteligentes. A recente aceleração no uso de VANTs com múltiplos rotores para entrega de encomendas indica o impacto imediato e significativo que os VANTs terão em ambientes internos, urbanos e áreas de preservação, e levanta a temática de redução de ruído gerado por essas máquinas. Para atingir os objetivos, o IPC pretende usar diversas tecnologias avançadas. Em adição a HPC, que é de crucial importância para os problemas desafiadores sob consideração, análise de big data e modelos de ordem reduzida serão usados para revelar mecanismos de geração de ruído e para o desenvolvimento de métodos específicos para facilitar a sua implementação em projetos industriais. As metas ambiciosas do projeto encorajou instituições reconhecidas de três dos países BRICS (Brasil, China e Rússia) a somarem seus esforços e competências complementares. O IPC compreende a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) do Brasil, o Keldysh Institute of Applied Mathematics of Russian Academy of Sciences (KIAM) da Rússia, o Hong Kong University of Science and Technology-Shenzhen Research Institute (SRI) e Peking University (PKU) da China. Tarefas específicas compreendidas pelo problema fundamentas sob consideração são agrupados em cinco pacotes de trabalho (PTs), a saber: PT1 Previsão de ruído de VANTs e rotores via HPC; PT2 Investigação de ruído de asa enflechada e superfícies hipersustendadoras (HLDs) de aviação civil via HPC; PT3 Novos algoritmos para projeção do ruído no campo distante; PT4 Desenvolvimento de implementações paralelas eficientes para plataformas modernas de HPC; PT5 Investigação de mecanismos de geração de ruído com base em análise de big data e modelos de ordem reduzida. Todos os parceiros (UFSC, KIAM, SRI, PKU) participam em todos os PTs.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 08/08/2019-31/08/2022
Foto de perfil

Juceline Batista dos Santos Bastos

Engenharias

Engenharia Civil
  • caracterização do comportamento mecânico e do ciclo de vida de materiais asfálticos e outros compósitos produzidos com fíleres sustentáveis
  • A pavimentação consome grande quantidade de recursos naturais, além de ser responsável por resíduos que advêm do seu ciclo de vida, sendo o material fresado, em inglês RAP (Reclaimed Asphalt Pavement), o principal. Apesar disso, a pavimentação é um dos setores que possui capacidade para a incorporação do seu e de vários outros resíduos, tais como: da construção e demolição (RCD); cinzas de termelétricas e de incineração de resíduos perigosos; escórias siderúrgicas, etc.. Assim, o objetivo desta proposta é contribuir para o avanço no conhecimento sobre a caracterização avançada de materiais asfálticos com a incorporação de fíleres advindos de diferentes resíduos sólidos, comparando-os as fíleres tradicionais, além de propor outros compósitos sustentáveis que consumam resíduos na sua produção, como geopolímeros e misturas álcali-ativadas. Apesar da experiência prévia da equipe na caracterização avançada de materiais e na investigação de resíduos aplicados em obras de infraestrutura, a originalidade do projeto está em unir inovações considerando o desenvolvimento de materiais sustentáveis a partir de junção de técnicas avançadas. Os resultados da pesquisa têm potencial impacto no aprimoramento das etapas de dosagem, execução e caracterização avançada de compósitos com incorporação de resíduos. Contribuirá também para a tomada de decisão na análise de soluções a partir da avaliação do ciclo de vida e na modelagem do comportamento mecânico dos materiais investigados. A modelagem do trincamento por fadiga e da deformação permanente, principais defeitos desses pavimentos, por meio de caracterização avançada (Tração-Compressão e Stress Sweep Rutting, respectivamente), permite a previsão de comportamento. Essa caracterização avançada já vem sendo utilizada para materiais asfálticas tradicionais na Universidade Federal do Ceará, com a qual a proponente já possui parceria há mais de uma década.
  • Instituto Federal do Ceará - Reitoria - CE - Brasil
  • 12/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Jucimeri Isolda Silveira

Ciências Sociais Aplicadas

Serviço Social
  • assistência social e defesa de direitos no enfrentamento da covid19
  • A grave crise desencadeada pelo Sars-Cov-2 tem gerado sofrimentos coletivos pelas milhares de vidas interrompidas. Ao mesmo tempo, demanda respostas urgentes dos governos e da sociedade, dada a situação de choque, o que comprova a necessidade de sistemas de proteção social. O sistema de proteção social brasileiro, integrado ao sistema nacional e internacional de direitos humanos, foi instituído e implementado, historicamente, a partir de princípios como a universalidade e integralidade; de diretrizes democratizantes; do pacto federativo com coordenação nacional e corresponsabilidades; e de ordenamentos que requisitam governanças deliberativas, sistemas estatais descentralizados e territorializados nas cidades. Entretanto, as medidas neoliberais adotadas, sobretudo as contrarreformas trabalhista e previdenciária, e o desfinanciamento das políticas socais, configuram um cenário de ausência do Estado quanto às responsabilidades Constitucionais, com progressiva fragilização dos sistemas estatais. A partir de uma pesquisa ação são desenvolvidos estudos, notas técnicas e promovidas intervenções, visando a ampliação da proteção social. Dentre as entregas da pesquisa em desenvolvimento, destaca-se o Portal Assistência Social nos Municípios, um observatório inédito na área. Em ambiente de Laboratório de Inovação Social e Institucional são promovidos espaços de escuta e construção conjunta de ações para o enfrentamento da pandemia, o que implica o engajamento de organizações da sociedade civil e de entidades da área. Assim, são produzidas propostas de programas e serviços; tecnologias sociais de proteção e cuidado; estratégias de contingência; ações de incidência em defesa da segurança de renda e de serviços socioassistenciais, de pisos emergenciais para serviços essenciais; participação em espaços de incidência política. Assim, coloca-se como desafio central o desenvolvimento da pesquisa e inovação para a efetivação da proteção social universal durante e pós pandemia.
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PR - Brasil
  • 14/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Jucinei José Comin

Ciências Agrárias

Agronomia
  • qualidade do solo, emissão de gases de efeito estufa e rendimento de culturas no sistema de plantio direto de hortaliças
  • A busca da sustentabilidade de sistemas de produção agrícola exige conservar e recuperar os solos, o que é possível com a adoção do sistema plantio direto, já difundido em culturas de grãos, mas ainda com baixa adoção em hortaliças. O sistema plantio direto de hortaliças (SPDH) poderá diminuir a erosão, aumentar a ciclagem de nutrientes, diminuir emissão de gases de efeito estufa, e ainda racionalizar o uso de fertilizantes e agrotóxicos. A proposta visa ampliar conhecimentos básicos sobre os processos envolvidos, para ampliar a adoção do SPDH por técnicos e produtores. O uso de SPDH e de rotação e plantas de cobertura afeta atributos do solo e as comunidades vegetal e microbiana da área e, por isso, necessitam ser melhor compreendidos. Busca-se ampliar estudos de SPDH para novas áreas, com clima e solos diferentes. Serão realizados três estudos: 1. Emissão de gases de efeito estufa e atributos químicos e físicos em solo cultivado com hortaliças em que será avaliada a emissão de N2O e CH4 e atributos químicos e físicos de um Cambissolo em experimento instalado em 2007 na EPAGRI/Ituporanga, SC, cultivado com cebola com uso de rotação e plantas de cobertura e culturas de grãos, sob SPDH e sistema de preparo convencional (SPC); 2. Atributos biológicos em solo sob SPDH com cultivo de cebola em que serão avaliados os atributos biológicos e a resistência por antixenose às principais pragas da cebola em experimento instalado em 2009, na EPAGRI/Ituporanga, com cultivo de cebola com plantas de cobertura de inverno e verão em Cambissolo; 3. Rendimento de hortaliças e atributos químicos e físicos em solo manejado sob SPDH, em experimento a ser instalado em Campo Largo (PR), com cultivo de hortaliças e plantas de cobertura sob SPDH, em Nitossolo, em que também se avaliarão no solo a agregação, glomalina, atributos químicos e estoques de C e N nos agregados.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Judite Scherer Wenzel

Outra

Divulgação Científica
  • a prática de leitura vivenciada num grupo de leitura de tdc na formação de professores da área das ciências da natureza e suas tecnologias
  • A temática da pesquisa é a Divulgação Científica (DC) por meio de Textos de Divulgação Científica (TDC). A DC tem sido apontada como um modo de democratizar o acesso à informação e ao conhecimento científico estabelecendo subsídios para a alfabetização científica (BUENO, 2010; ZAMBONI, 2001). A escolha do TDC decorre tanto da necessidade da disseminação da Ciência como, da inserção da prática de leitura na formação de professores. O contexto é um grupo de estudos de TDC que está vigente desde o ano de 2016 e conta com a participação de professores da Educação Básica, Licenciandos dos Cursos da área de Ciências da Natureza e suas Tecnologias (CNT) e professores formadores da Universidade. A problemática apresenta as perguntas: O grupo tem motivado os participantes para propor a leitura em seus Planejamentos de Ensino? Qual a compreensão acerca do uso do TDC como instrumento de DC e de Ensino? Como se mostram os conhecimentos docentes nos processos de planejamentos e de escolhas de TDC? Assim, o objetivo principal consiste em acompanhar e investigar as ações formativas do grupo de estudos. Os objetivos específicos contemplam: identificar as temáticas e as possíveis potencialidades do TDC em diferentes modalidades em que ele se apresenta, como, livros, revistas e sites; identificar o modo como a DC tem sido contemplada junto a Formação de Professores da área de CNT; compreender e propor a inserção do TDC no Ensino de Ciências tendo em vista a sua potencialidade como instrumento de DC. A hipótese consiste no entendimento de que para realizar a DC em sala de aula, de modo especial com a leitura de TDC, é necessário que o professor vivencie tal prática. Os resultados serão construídos mediante a gravação e degravação dos encontros por meio da Análise Textual Discursiva (ATD) que auxilia a compreender o fenômeno. Os resultados visam qualificar a compreensão dos professores acerca da importância da DC e do uso do TDC como instrumento potencializador nos processos de ensino.
  • Universidade Federal da Fronteira Sul - SC - Brasil
  • 10/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Judith Kelner

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • uma plataforma inteligente integrada e interativa para melhorar o monitoramento e a tomada de decisão na transmissão vertical de ists em gestantes
  • As elevadas taxas de sífilis em gestantes – com taxas de detecção acima da nacional - são observadas em oito estados brasileiros, incluindo Pernambuco (22,1/1.000). Em relação à sífilis congênita, 11 estados apresentam taxas de incidência superiores à nacional, incluindo, também, o estado de Pernambuco, com taxa de 14,3 casos/1000 nascidos vivos. Um dos 100 indicadores de saúde definido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é a capacidade de gerar relatórios de saúde de forma periódica (semanal, mensal e anual). Não é um indicador sobre uma condição ou realidade de uma localidade. Mas sim a capacidade informacional e computacional de representar essas realidades numa certa frequência para a tomada de decisão e informação da sociedade. Para a OMS, o processo computacional de gerar informações de saúde é uma medida de qualidade de saúde, pois dá assistência a vários processos de tomada de decisão. Informação precisa e confiável é a base para tomada de dados para saúde. Representar os dados não é necessariamente produzir informações. Sistemas complexos não são como painéis de carros, que representam uma das variáveis em separado para tomada de decisão. Somente os dados representados não são capazes de mostrar a dinâmica que acontece quando os fatores são inter-relacionados. Essa complexidade é o cenário dos sistemas de informação do SUS. As ações de registro e atenção à saúde variam muito de acordo com a alocação de recursos. Sendo, portanto, esse um dos grandes desafios da visualização: representar dados que possam ser usados para tomada de decisão num cenário cenário complexo. É nessa perspectiva que esse trabalho se propõe a construir uma plataforma para identificar estratégias e auxiliar na tomada de decisão de gestores que utilizam os dados do e-SUS.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Julian Borba

Ciências Humanas

Ciência Política
  • as bases das clivagens políticas no brasil
  • As divisões do eleitorado em grupos antagônicos são fenômenos cada vez mais recorrente nas democracias contemporâneas. Entender quais são as existentes entre o eleitorado brasileiro e seus determinantes são os principais propósitos deste projeto. Inserindo-se nessa agenda, nossa proposta é analisar as bases e consequências das clivagens políticas no Brasil. Primeiramente serão levantadas informações sobre a posição dos eleitores brasileiros em relação a um conjunto de issues econômicos, políticos e culturais. A perspectiva histórica será contemplada com a utilização de séries longitudinais sobre a opinião pública nacional nos últimos 30 anos visando identificar que temas são geradores de clivagens em cada momento, relacionando essas divisões aos contextos social, político e econômico. Propomos a complementação desses dados com um survey nacional, cujo objetivo é, a partir da identificação das fragilidades e ausências dos dados existentes, produzir um conjunto de informações especificamente voltadas para a identificação desses temas divisores e das suas bases atitudinais e demográficas. A parte seguinte da pesquisa busca identificar se os mesmas temas que dividem a opinião dos eleitores dividem também as elites. Nessa etapa serão cruciais os dados levantados pelos projetos Brazilian Legislative Survey (1990-2017) e PELA (Pesquisa sobre Elites Parlamentares Latino-americanas) que ao levantar informações sobre atitudes e posicionamentos de membros do legislativo federal nacional permite avaliar o nível de congruência entre cidadãos e representantes. Na sequência investigamos a relação entre atitudes e posições sobre os issues geradores de clivagens, o social sorting e o comportamento eleitoral. Nessa última etapa pretendemos nos valer de experimentos para testar hipóteses sobre o efeito de posicionamentos e atitudes em relação a temas específicos sobre as decisões eleitorais dos brasileiros e sobre seu apoio a políticas públicas e decisões governamentais pontuais.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Julian Penkov Geshev

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • manipulação e controle via estresse mecânico das características de filmes magnéticos que apresentam rco
  • A histerese magnética é o fenômeno ferromagnético mais distinto e característico. A grande parte das aplicações baseadas em magnetismo envolvem algum aspecto da histerese. Muito recentemente, foi descoberto que alguns sistemas apresentam curvas de magnetização de retorno (FORCs) situadas totalmente fora do laço de histerese principal, fenômeno denominado de recoil-curve overshoot (RCO), resultando em um expressivo aumento da área do laço de histerese [J. Geshev, W.J.S. Garcia, V.Z.C. Paes, L.F.S. Azeredo, L.S. Dorneles, and A.M.H. de Andrade, "Observation of recoil magnetization curves outside the major loop in Co, Fe and Ni films," Physical Review B 104 (2021) 054436 (DOI: https://doi.org/10.1103/PhysRevB.104.054436)]. Essa característica foi reproduzida adotando um modelo de pares de grãos com eixos de anisotropia levemente desalinhados e acoplados por interações troca. Neste Projeto propõe-se depositar filmes de diferentes materiais sobre diferentes substratos planos, ou sobre substratos fixados sobre porta-amostras com concavidade, ou ainda sobre substratos flexíveis de espessuras diferentes fixados sobre porta-amostras planos durante a deposição. Pretende-se variar as características do RCO através de estresse aplicado e explorar este como uma ferramenta para manipular, de maneira controlada e precisa, as propriedades magnéticas e magnetorresistivas destes materiais. As interações que determinam o comportamento magnético destes sistemas serão investigadas através da técnica baseada em laços menores de magnetização. Esperamos poder revelar importantes aspectos envolvidos nos processos de reversão da magnetização e ponderar os tipos e as intensidades dos acoplamentos magnéticos, potencializando o uso destes novos materiais em aplicações tecnológicas. (Para mais detalhes, figuras, referências etc., uma versão deste projeto em formato PDF pode ser encontrada aqui: https://www.dropbox.com/s/cjt6nmetlen9cic/Projeto-Universal-2021-J_Geshev.pdf?dl=0 ).
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 03/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Juliana Araujo do Carmo Sales Barbosa

Outra

Multidisciplinar
  • i semana intermunicipal de ciência e tecnologia
  • O presente projeto visa organizar e sistematizar I semana intermunicipal de ciência e Tecnologia que ocorrerá entre os dias 04 a 08 de outubro do ano de 2021 na cidade de Tangará da Serra no estado de Mato Grosso, a semana científica acima citada receberá o título de “Aurora Científica na Serra” e traz o tema “ A transversalidade da Ciência e Tecnologia e inovações para o planeta, tema que será abordado na 18ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Sua proposta tem como objetivo articular a popularização da Ciência, socializando trabalhos de alunos e professores das escolas da educação básica dos municípios que compõem o pólo da DRE¹ de Tangará da Serra bem como trabalhos e conteúdos culturais da população como um todo, tais como, meio ambiente e suas vertentes: água, lixo, plantas e animais, tecnologia, corpo humano e alimentação. Será desenvolvido pela DRE do polo de Tangará da Serra e pelos professores das escolas estaduais que compõem o polo.
  • Centro de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica - MT - Brasil
  • 07/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Juliana Calábria de Araújo

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • monitoramento genômico do esgoto e resíduos orgânicos para vigilância em saúde e ambiental
  • O monitoramento dos patógenos no esgoto e em resíduos é importante para melhorar as condições de tratamento, garantir a integridade ambiental, e reduzir riscos à saúde pública. A pandemia da COVID-19 pode ter exacerbado a crise global da resistência aos antimicrobianos, intensificando o uso de antibióticos, apesar de poucos pacientes apresentarem infecções bacterianas. O monitoramento do esgoto é uma forma de testagem indireta da população, pois permite acompanhar a circulação do vírus e outros patógenos, e tem sido usada para obtenção de dados epidemiológicos populacionais que funcionam como alerta precoce, antecipando a ressurgência dos casos.As estações de tratamento de esgotos (ETEs) são as principais barreiras para o lançamento de poluentes e patógenos na natureza, sendo cruciais na proteção da saúde humana e ambiental. As ETEs utilizam diferentes tecnologias, mas raramente seus processos são otimizados para redução efetiva de bactérias patogênicas resistentes a antimicrobianos(BRAs) e vírus (vírus entéricos e SARS-CoV-2). Assim, é importante o monitoramento desses contaminantes nas ETEs para melhor compreensão do seu impacto e fundamentar intervenções que auxiliem na sua remoção. Este projeto investigará, por meio do sequenciamento genômico, BRAs e vírus em efluentes domésticos e hospitalares coletados na região metropolitana de Belo Horizonte e em Santos, avaliando sua circulação na comunidade, a remoção pelas ETEs e a disseminação para o ambiente. Também serão investigadas amostras de resíduos orgânicos, antes e após digestão anaeróbia, avaliando a remoção destes patógenos após tratamento e compostagem e potencial uso do composto. Os resultados permitirão verificar o impacto da pandemia sobre a disseminação de BRAs e vírus, a remoção pelos diferentes sistemas de tratamento, alertar as autoridades de saúde na circulação destes, subsidiar ações de vigilância em saúde e comparar o perfil de resistência dos patógenos do ambiente clínico com os da comunidade.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 23/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Juliana da Silva

Ciências Biológicas

Genética
  • dano ao dna e desregulação dos genes de reparo e balanço oxidativo relacionados à exposição aos agentes químicos da folha seca do tabaco durante o sortimento
  • O Brasil é o segundo maior produtor e o maior exportador mundial de tabaco. A fumicultura tem sido muito questionada quanto às possibilidades de melhorias, principalmente devido ao uso excessivo de agroquímicos, ao grande esforço físico no manejo da colheita (que também leva à exposição à nicotina), bem como aos problemas enfrentados durante a classificação das folhas secas do tabaco, como alergias e problemas respiratórios devido ao pó que contém nitrosaminas específicas. Estudos com fumicultores têm demonstrado que a exposição ocupacional induz diferentes tipos de danos ao DNA em relação à exposição aos agroquímicos e nicotina, mas pouco se sabe sobre os efeitos à saúde do trabalhador quanto à exposição durante a manipulação das folhas secas. O mecanismo de ação destas misturas (agroquímicos, nicotina e nitrosaminas) e a sua interferência na estabilidade genômica ainda não são entendidos completamente. Assim, nosso objetivo geral é investigar os efeitos genotóxicos causados pela exposição ocupacional no setor de sortimento da fumicultura, buscando avaliar os principais agentes relacionados ao processo (NNN, NNK e nicotina). A fim de se explorar a influência destes agentes, mas principalmente para este projeto, propomos diferentes metodologias (in vitro, in vivo e in silico) para elucidar respostas celulares e moleculares nos fumicultores durante o sortimento das folhas secas. Nossa hipótese é que os principais agentes presentes na folha do fumo estão relacionados com danos ao DNA, e assim com efeitos sobre a saúde dos trabalhadores. Para testar esta hipótese, destacamos alguns métodos: (a) tamanho telomérico, presença de micronúcleos e quebras cromossômicas através do ensaio cometa em humanos (exposição à mistura complexa no processo de manejo das folhas), em camundongos e em cultura celular (principais agentes e extrato do pó das folhas); (b) recombinogênese em Drosophila; (c) mecanismos relacionados a danos oxidativos e reparo de DNA nos diferentes modelos.
  • Universidade La Salle - Canoas - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Juliana de Assis Silva Gomes Estanislau

Ciências Biológicas

Imunologia
  • avaliação da obesidade como agravante à covid-19 através da caracterização da resposta imune, polimorfismos genéticos e biomarcadores de prognostico em crianças e adultos
  • A infecção pelo coronavírus 2019 (COVID-19/ SARS-CoV-2) foi declarada uma pandemia em 2020. Alguns dados sugerem que a obesidade está associada a um risco quase três vezes maior de COVID-19 grave com o aumento do índice de massa corporal e a proporção de pacientes com doença grave. A obesidade é caracterizada pelo excesso de gordura corporal. É considerado um problema de saúde pública devido ao crescimento nas últimas décadas, principalmente na população infantil e juvenil, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo. Os indivíduos obesos se tornam portadores potenciais de doenças cardiovasculares, hipertensão, dislipidemia, aterosclerose precoce e diabetes, e o desenvolvimento dessas comorbidades tem sido relacionado a alterações na função imunológica. Vários estudos demonstram que as interações recíprocas entre os sistemas metabólico, genético e imunológico desempenham um papel central na patogênese das doenças associadas à obesidade. No entanto, os mecanismos fisiopatológicos contra o COVID-19 associados as crianças e aos adultos obesos ainda não estão esclarecidos. Este estudo tem como objetivo avaliar a resposta imune e o polimorfismo genético em indivíduos com obesidade contra COVID-19 como abordando condições que podem influenciar o prognóstico e a letalidade da infecção. Pretendemos investigar o nível da enzima conversora de angiotensina 2 (ECA2) e os outros componentes do sistema renina-angiotensina no plasma dos pacientes. O ACE2 foi identificado como um receptor funcional para SARS-CoV-2. O envolvimento dos níveis de ECA2 e seus polimorfismos nas relações de suscetibilidade à obesidade durante a infecção por SARS-CoV parece intrigante. Avaliaremos ainda o perfil fenotípico e funcional das células do sistema imune, principalmente células de memória memoria a infecção após estimulo antigênico in vitro em células de crianças e adultos, com e sem obesidade, que tiveram ou não a COVID-19. Também investigaremos os polimorfismos para os genes ACE2 e HLA que podem ajudar a explicar as diferentes respostas imunes ao COVID-19 observadas. Propomos investigar a associação entre dados imunológicos, genéticos, clínicos e laboratoriais com a obesidade e a resposta específica ao SARS-CoV-2 e a associação do perfil da doença ao SARS-CoV-2 e sua relação com a obesidade e os fatores genéticos, clínicos e parâmetros de laboratório. Ao final deste projeto, permitiremos a identificação de biomarcadores de prognóstico de risco para a infecção por SARs-CoV-2 associada à obesidade, considerando a frequência extremamente alta dessa morbidade na população brasileira e se isso aumentaria o risco de populações mais jovens na admissão e uso de respiradores mecânicos.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 27/08/2020-31/08/2023
Foto de perfil

Juliana Degenhardt-Goldbach

Ciências Agrárias

Recursos Florestais e Engenharia Florestal
  • produção de mudas clonais de erva mate: aplicações da nanobiotecnologia.
  • O Brasil é o maior produtor mundial de erva-mate (Ilex paraguariensis), cultura de grande importância para pequenos/médios produtores da Região Sul. Apesar dos avanços no cultivo, a maioria dos ervais apresenta alta variabilidade e produção heterogênea devido ao estabelecimento por mudas seminais, destacando-se a necessidade de protocolos de clonagem como ferramentas fundamentais em programas de melhoramento genético (PMG) e produção comercial de mudas. Embora a estaquia seja utilizada comercialmente, os protocolos são limitados a poucos clones responsivos. No PMG da Embrapa foram selecionados materiais elite com respostas variadas ao enraizamento (TE). Genótipos contrastantes oferecem a oportunidade de abordagem biotecnológica comparativa para auxiliar a desvendar os mecanismos envolvidos. O estudo de rotas metabólicas pode auxiliar no desenvolvimento de protocolos para clones recalcitrantes, e a TE de erva mate já foi negativamente correlacionada a compostos fenólicos totais, antioxidantes e teobromina. Estudos de expressão gênica associados ao enraizamento em outras espécies mostraram o envolvimento de genes específicos, os quais podem ser avaliados pela primeira vez em erva-mate. A espécie destaca-se ainda pela grande quantidade de microorganismos endofíticos, os quais podem estar associados ao desenvolvimento vegetal. A comparação das bactérias presentes em clones contrastantes e inoculação de bactérias presentes em clones de altas TE em clones de baixas TE, pode levar ao desenvolvimento de inoculantes para enraizamento de estacas. A nanotecnologia, ainda pouco explorada na propagação de plantas, pode representar uma área potencial na clonagem in vitro de erva-mate, refletindo significativamente no avanço do PMG desta cultura. Este projeto visa elucidar processos moleculares, bioquímicos e microbiológicos associados ao enraizamento de erva-mate, bem como otimizar técnicas de clonagem por estaquia e calogênese in vitro com auxílio da nanobiotecnologia.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Juliana dos Santos de Souza

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • nanopartículas de zno para o transporte de compostos bioativos
  • O envelhecimento populacional e o estilo de vida contemporâneo impõem desafios de Saúde Pública que exigem abordagens terapêuticas inovadoras. Nesse processo, distúrbios oncológicos e autoimunes apresentam níveis de prevalência crescentes e demandam tratamentos complexos em escalas sem precedentes. Transportadores nanoestruturados de fármacos tem atraído grande interesse por apresentarem potencial de especificidade, alto encapsulamento e, mediante escalonamento, custos acessíveis. Recentemente, matrizes de ZnO vêm emergindo como nanocarreadores terapêuticos por serem uma espécie inorgânica de baixo custo que encontra diversas aplicações biológicas. Além de consideradas seguras pelo FDA, nanopartículas de ZnO apresentam polimorfismo estrutural que pode ser modulado pelas condições de síntese, sendo dotadas de grande estabilidade físico-química e capacidades antimicrobianas. Entretanto, o controle adequado de formas e tamanhos permanece como uma questão a ser resolvida. Tais dificuldades ganham importância maior quando se visa aplicações terapêuticas porque determinam tanto a quantidade de carga encapsulada quanto a taxa de entrega nos tecidos-alvo. Nesse projeto, propomos o desenvolvimento de métodos de síntese de nanopartículas de ZnO, com morfologia e tamanhos controlados, utilizando polímeros biocompatíveis como template através de rotas assistidas por micro-ondas. Preparemos via micro-ondas nanopartículas híbridas de ZnO incorporando dois fármacos-modelo: 5-fluorouracil (5-FU) e Ac-SDKP. O 5-FU é um fármaco com reconhecidas capacidades anti-tumorais, enquanto o Ac-SDKP é um tetrapeptídeo com propriedades imunomoduladoras capaz de controlar a diferenciação de macrófagos. Além da síntese e caracterização estrutural dessas nanopartículas, caracterizaremos também sua resposta biológica in vitro através da avaliação de marcadores específicos em linhagens celulares tumorais imortalizadas.
  • Universidade Federal do ABC - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Juliana dos Santos Vaz

Ciências da Saúde

Nutrição
  • estado nutricional, comportamento alimentar e marcadores bioquímicos em crianças e adolescentes com transtorno do espectro do autismo: estudo diagnóstico para proposição de intervenção nutricional personalizada
  • O Transtorno do Espectro Autista (TEA) caracteriza-se por desvios na comunicação social e presença de padrões restritos e repetitivos de comportamento e interesses que podem afetar a relação dos pacientes com os alimentos. Uma parcela importante deste grupo apresenta a percepção sensorial alterada e desenvolve repulsa ou afinidade a determinados alimentos. Tal condição limita o repertório alimentar e torna-se uma barreira para uma alimentação adequada, agravando o risco para deficiências nutricionais. Dentre essas deficiências, destacam-se as gorduras ômega-6 e ômega-3 que são essenciais para o sistema nervoso central. Tais gorduras tem ações metabólicas opostas e a elevada razão n-6/n-3 relaciona-se ao agravo dos sinais clínicos do autismo, como estereotipias, irritabilidade e do comportamento agressivo. Contudo, são escassos os estudos direcionados a investigar, compreender e intervir sobre aspectos nutricionais e sua abrangência no TEA. A presente proposta baseia-se na hipótese de que uma intervenção nutricional para essa população deva primariamente investigar o comportamento, as relações sociais e as carências nutricionais que repercutem sobre os aspectos comportamentais e as dificuldades alimentares. O projeto surgiu da demanda da comunidade e da inexistência de um protocolo de avaliação e acompanhamento nutricional a crianças e adolescentes com TEA no Sistema Único de Saúde. A presente proposta visa atender a Fase 1 de um projeto maior que tem por objetivo desenhar uma proposta de intervenção nutricional personalizada. A Fase 1 - foco do presente edital - visa a avaliação diagnóstica a partir de parâmetros bioquímicos, antropométricos, consumo e comportamento, e intervenção nutricional inicial (6 meses). A realização da etapa diagnóstica dará subsídios para a Fase 2 (desenho de uma proposta de intervenção nutricional personalizada para o TEA). O estudo será desenvolvido no Centro de Neurodesenvolvimento da Faculdade de Medicina da UFPel.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Juliana Felipetto Cargnelutti

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • terapia fotodinâmica no tratamento de lesões cutâneas de animais: porfirinas como uma alternativa ao uso de antimicrobianos frente a bactérias multirresistentes
  • Segundo a Organização Mundial da Saúde, a rápida emergência de bactérias multirresistentes aos antimicrobianos é considerada um desafio global, representando uma grave ameaça à saúde única. Assim como em humanos, em animais é cada vez mais frequente o isolamento de bactérias multirresistentes associadas a infecções de pele, as quais comportam-se de forma refratária aos tratamentos convencionais. Neste contexto, a terapia fotodinâmica surge como uma alternativa para o tratamento dessas infecções, pois pode ser aplicada topicamente sem afetar a microbiota de outros sistemas, não apresenta relatos de indução de resistência, e tem ação comprovada no tratamento de dermatopatias. Nosso objetivo é investigar se a foto-oxidação das porfirinas tetra-catiônicas 3-H2TMeP e 4-H2TMeP produz espécies reativas de oxigênio que são capazes de inibir o crescimento de bactérias multirresistentes isoladas de lesões de pele de animais. As porfirinas serão avaliadas frente a diferentes formas de crescimento bacteriano, mimetizando as diferentes apresentações in vivo, incluindo testes sobre comunidades microbianas e em modelo ex vivo. Será investigada a capacidade de ambas porfirinas em inativar microrganismos multirresistentes representativos de diferentes gêneros bacterianos isolados ou em cultivo polimicrobiano; de inibir e/ou destruir biofilmes; e de inativar bactérias cultivadas em fragmentos de orelha de cães. Soluções, biofilmes e explantes serão irradiados e plaqueados em meios de cultura para quantificar a inativação microbiana. Todos os procedimentos serão realizados em triplicata, e os resultados submetidos à análise estatística. Espera-se confirmar que as porfirinas são efetivas em fotoinativar isolados bacterianos multirresistentes tanto in vitro quanto em modelo ex vivo, destacando-se como uma alternativa capaz de driblar mecanismos de resistência intrínseca e adquirida de bactérias associadas a infecções de pele dos animais domésticos.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Juliana Fernandes de Souza Barbosa

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • monitoramento em tempo real e a distância de desfechos adversos à saúde em idosos comunitários utilizando dispositivos vestíveis: um estudo prospectivo de viabilidade.
  • O telemonitoramento abrange um sistema não invasivo de troca de informações por meio de dispositivos eletrônicos e tecnologias de telecomunicações que permitem a coleta de forma remota, rotineira e regular de dados clínicos. Neste contexto, evidências recentes apontam a acurácia dos smartwatches no monitoramento remoto de parâmetros como número de passos, gasto energético, níveis de atividade física de moderada a vigorosa. Para a saúde coletiva, isso significa fornecer mais cuidados a mais pessoas e possibilitar respostas mais rápidas a crises potenciais, aumentando assim a resolubilidade e coordenação do cuidado, podendo aumentar a eficácia de diversos ponto de atenção, em específico, na atenção primária em saúde (APS). Sendo assim, o objetivo maior deste estudo é propiciar um melhor atendimento à saúde do idoso proporcionando de maneira prática o monitoramento de seu estado de saúde, permitindo uma intervenção oportuna o mais precocemente possível. Para isso, o presente estudo busca avaliar se os smartwatches podem ser viáveis instrumentos de telemonitoramento remoto do estado de saúde em idosos e bem como se é possível rastrear desfechos adversos em saúde (como infecções respiratórias pela COVID-19, quedas, entre outros) em idosos comunitários por meio de parâmetros fisiológicos e clínicos pelo uso de smartwatches. Trata se de um estudo longitudinal, em que idosos comunitários cadastrados na APS, serão acompanhados durante 6 meses por meio de uma pulseira de monitoramento (Forerunner 245®, Garmin, EUA). Os idosos serão avaliados quanto sua capacidade aeróbica submáxima, função pulmonar, força muscular respiratória. Os idosos ainda serão avaliados ainda quanto a sua composição corporal pela análise de bioimpedância elétrica, capacidade cognitiva, risco de quedas, sintomas depressivos e mobilidade no espaço de vida. O desempenho físico será avaliado pela Short Physical Performance Battery e a força de preensão palmar.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Juliana Ferreira-Strixino

Outra

Biomedicina
  • estudo da terapia fotodinâmica com curcumina nanoencapsulada em leishmania braziliensis e leishmania amazonenis – ensaios in vivo
  • A Leishmaniose Tegumentar (LT) é uma doença infecciosa, causada por protozoários do gênero Leishmania e transmitida pela picada de insetos hematófagos pertencentes ao gênero Lutzomya. Devido aos efeitos colaterais indesejáveis e agressivos dos tratamentos quimioterápicos convencionais para LT, o desenvolvimento de tratamentos alternativos é de grande importância. A Terapia Fotodinâmica (TFD) surge como um tratamento alternativo por ser um tratamento local, não invasivo e seletivo. O objetivo deste projeto é verificar a ação da TFD com NPBSAcurcumina em lesões causadas por L. braziliensis e L. amazonensis in vivo. Será avaliado o efeito da TFD com diferentes formulações de curcumina nanoencapsulada em lesões de L. braziliensis e Leishmania amazonensis (in vivo) por meio da análise da progressão da lesão, análise histológica do fígado, baço e rim, e do membro pélvico para avaliação do reparo tecidual e eliminação do parasito na lesão, medição do membro pélvico e avaliação da carga parasitária, dosagem de citocinas por citometria de fluxo e alterações bioquímicas por FTIR. Com o desenvolvimento desse projeto, espera-se determinar se diferentes formulações da curcumina interferem na eficácia da terapia, in vivo, avaliando uma terapia alternativa que permitirá um tratamento local, mais acessível, de baixo custo e menos tóxico, evitando os sintomas sistêmicos observados nos tratamentos convencionais e visando contribuir para o aprimoramento tecnológico e científico do país em área inovadora e com potencial elevado de impacto social.
  • Universidade do Vale do Paraíba - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Juliana Forte Mazzeu de Araújo

Ciências Biológicas

Genética
  • uso de estratégias de deep phenotyping associadas ao sequenciamento de nova geração em famílias com deficiência intelectual
  • A deficiência intelectual (DI) apresenta uma incidência de 2 a 3% na população, sendo um dos principais problemas não resolvidos da medicina moderna. Ao menos metade dos casos tem causa genética e sua identificação é importante principalmente nos casos em que há risco de recorrência familiar. Desde a introdução das metodologias de sequenciamento de nova geração, novos genes que causam DI foram identificados permitindo melhor diagnóstico, prognóstico e esclarecimento dos riscos de recorrência. Apesar do potencial gerado por essas metodologias, para que haja sucesso na identificação das variantes patogênicas é necessária uma caracterização clínica precisa, apoiada por exames laboratoriais que facilitem a priorização de variantes. Essa caracterização precisa, seja clínica ou laboratorial, foi denominada “deep phenotyping” e tem aumentado a eficácia no diagnóstico de doenças genéticas. Podem fazer parte dessa estratégia metodologias de análise em larga-escala como a transcriptômica, glicômica e a epigenômica. Algumas doenças genéticas apresentam padrões únicos de metilação do DNA conseqüentes aos defeitos genéticos subjacentes. Esse padrão epigenético pode ser usado como biomarcador funcional para o rastreamento e diagnóstico dessas doenças. No estudo da DI, a glicômica vem ganhando importância pela sua capacidade de caracterizar alterações de glicoproteínas e de vias metabólicas específicas. Esses dados em combinação com a análise de exoma podem auxiliar a busca de variantes e identificação de novos genes envolvidos em vias de glicosilação específicas. Nesse projeto propomos a busca de genes envolvidos na etiologia da DI em famílias com pelo menos dois afetados, utilizando o sequenciamento de exoma. Para dar suporte a análise de exoma e permitir uma melhor caracterização das alterações propomos também a análise do perfil de glicoproteínas por espectrometria de massa e análise do perfil global de metilação pela metodologia de microarray.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Juliana Hotta Ansai

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • efetividade de uma intervenção baseada em gestão de casos sobre quedas e sua relação com aderência, adesão e satisfação em idosos caidores da comunidade: ensaio clínico randomizado
  • Introdução: Cerca de 30 a 40% dos idosos da comunidade sofrem ao menos uma queda por ano. Tema: As quedas constituem um problema de saúde pública e de grande impacto social. Sua prevenção é de fundamental importância para a população idosa. Problema geral: Há uma carência de ensaios randomizados envolvendo gestão de casos para diminuição das quedas e suas consequências em idosos caidores. Questão específica: O objetivo é verificar os efeitos de uma intervenção remota baseada na gestão de casos sobre as quedas e suas consequências em idosos caidores; verificar a aderência ao preenchimento do calendário de quedas e à resposta aos telefonemas mensais em idosos caidores e fatores que influenciam; verificar se a aderência à intervenção, a adesão às recomendações e a satisfação às intervenções remotas influenciam nas taxas de quedas. Evidências da questão ser plausível: Será possível ajudar usuários, profissionais de saúde, gestores e pesquisadores no âmbito nacional e internacional na diminuição e no controle de quedas e suas consequências em idosos caidores. Espera-se evidenciar a importância de se investir em intervenções não farmacológicas e na capacitação de gestores de caso nos setores primário e secundário. Estratégia metodológica: Será realizado um ensaio clínico randomizado unicego com idosos caidores da comunidade, os quais serão distribuídos em dois grupos: Grupo Intervenção, submetido a uma gestão de casos de forma remota ao longo de 16 semanas, que envolverá avaliação multidimensional, explicação dos fatores de risco de quedas identificados, plano de intervenção de quedas individualizado, acompanhamento e revisão do plano; e Grupo Controle, o qual será acompanhado por telefone. Serão coletados dados clínicos e sociodemográficos iniciais, aderência à intervenção de gestão de casos, adesão às suas recomendações e satisfação à intervenção e ao acompanhamento após 16 semanas, e quedas e suas consequências por um ano por calendário e telefonemas mensais.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025