Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Adriana de Fatima Meira Vital

Ciências Agrárias

Agronomia
  • educação em solos: aprender brincando para usar conservando
  • O solo sustenta a vida e embora exerça múltiplas funções, ainda é o recurso ambiental menos conhecido e valorizado, situação que pode agravar o avanço da degradação, sobretudo em ambientes vulneráveis como o Semiárido. Disseminar conceitos sobre o solo é possibilitar o diálogo para efetivação de políticas de valorização, recuperação e conservação deste recurso fundamental à vida. Componente integrante dos diversos ecossistemas, o solo é um sistema complexo e dinâmico; reservatório da água e nutrientes, abrigo de milhões de formas de vida um meio colorido e biodiverso. Além de exercer a função básica da produção agrícola, apresenta diversas potencialidades de uso não agrícola, como fornecimento de matéria prima para construção civil, artesanato e tinta de terra – a geotinta. O projeto, cujas ações vêm sendo desenvolvidas sem recursos financeiros há cinco anos, em escolas e comunidades rurais da microrregião do Cariri do Estado da Paraíba, objetiva produzir material didático sobre solos (vídeos, (Geocine), histórias em quadrinhos (HQ), jogos digitais e de tabuleiro), para estimular a abordagem sobre o tema em diferentes mídias, além de aprofundar estudos sobre a geotinta, tecnologia social de inovação para fomentar a bioconstrução e a valorização dos diversos usos do solo. A proposta busca promover a cidadania ativa, fortalecendo o protagonismo das comunidades e juventudes, a valorização dos artesão, disseminado conceitos sobre solos, estimulando as discussões sobre políticas públicas para conservação dos solos e proporcionando alternativa de trabalho, pela possibilidade de uso da geotinta, especialmente ás pessoas das comunidades e escolas de baixa renda da região.
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Adriana de França Drummond

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • participação de crianças e adolescentes com desenvolvimento típico em casa, na escola e na comunidade
  • Este Projeto é uma continuidade de estudos desenvolvidos pela Coordenadora do Projeto no período de doutorado (2010 a 2014). A princípio, esses estudos objetivaram investigar a participação de crianças e adolescentes com e sem deficiências nas tarefas domésticas. A partir da inter relação observada entre a participação de crianças e adolescentes em casa, na escola e na comunidade, constatou-se a necessidade de investigação da participação nesses três contextos de forma conjunta. A literatura recente aponta lacunas de investigações dessa temática em outros grupos populacionais, além de Canadá e Estados Unidos, visto que fatores, como nível socioeconômico cultural, interferem na participação. Este estudo observacional transversal de caráter exploratório será desenvolvido em Belo Horizonte/MG, tendo como participantes 180 cuidadores de crianças e adolescentes com desenvolvimento típico (6 a 17 anos). O instrumento para coleta de dados será o (Participation and Environment for Children and Youth (PEM-CY). Os participantes serão alocados em oito grupos estratificados de acordo com o sexo e idade dos filhos(de 6 a 17 anos)e nível econômico da família. Será feita análise descritiva da amostra.Em caso de distribuição normal dos dados, a análise inferencial será realizada em três níveis. Inicialmente, teste MANOVA será usado para comparar os três fatores independentes (grupo etário, sexo e nível socioeconômico da família) nos três contextos (casa, escola, comunidade).No caso de significância estatística nos fatores individuais e/ou interações testadas na MANOVA, em um segundo nível de análise, testes de Anova fatorial com três fatores independentes (grupo etário, sexo e nível socioeconômico da família) serão utilizados para testar o efeito de cada fator e das interações na participação. Por fim, quando forem encontrados efeitos significativos nas Anovas, testes post hoc Tukey serão aplicados para identificar diferenças bivariadas. Caso a distribuição não seja normal, testes correspondentes não-paramétricos serão utilizados.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Adriana de Souza Caroci

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • clinical trial on the use of glue surgical to repair episiotomies and perineal lacerations
  • Objetivo: Avaliar a eficácia de uma cola cirúrgica no reparo da episiotomia e das lacerações perineais de segundo grau no parto normal desde o nascimento até 8 meses de pós-parto; Método: Ensaio clínico controlado e randomizado, comparando o uso da cola cirúrgica GLUBRAN-2® com o uso de sutura com fio Vicryl® de rápida absorção no reparo perineal no parto normal, em 70 mulheres que foram submetidas a episiotomia ou que tiveram lacerações perineais espontâneas de segundo grau, no município de Itapecerica da Serra, São Paulo. A amostra será constituída de forma a detectar uma diferença mínima significativa de 2 pontos no escore de dor entre os dois métodos de reparo perineal. Para tanto, será considerado, a priori, um desvio padrão residual igual a 3 pontos, erro alfa de 5% e poder do teste de 80%, o que resulta em uma amostra mínima de 35 parturientes, em cada grupo. Os dados serão coletados em 6 etapas diferentes entre os meses de agosto 2016 a julho de 2017. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo. Resultados esperados: Considerando que os resultados do estudo sejam similares aos estudos referentes ao uso da cola cirúrgica como substituta da sutura em diversas cirurgias, espera-se evidenciar que esse método seja também viável para o reparo do períneo, trazendo benefícios às mulheres como: diminuição da ocorrência e intensidade da dor e desconforto perineal em comparação com a técnica de sutura com fio, menor índice de infecção perineal no pós-parto, maior praticidade e menor tempo de realização do procedimento para os profissionais que atendem ao parto e maior satisfação para a mulher.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Adriana de Souza Medeiros Batista

Engenharias

Engenharia Nuclear
  • produção de micropartículas magnéticas de poliestireno-co-divinilbenzeno/magnetita para aplicação na captura de contaminantes radioativos
  • Muitos processos de separação de misturas e retirada de poluentes orgânicos em matrizes ambientais são baseados no fenômeno de adsorção em adsorventes poliméricos. As microbolas adsorventes poliméricas são amplamente empregadas como resinas de troca iônica, colunas cromatográficas, suportes catalíticos, em síntese orgânica em fase sólida e extração em fase sólida, entre outros. Os adsorventes poliméricos devem ter boa estabilidade mecânica e química, devem permitir um rápido processo cinético para se desenvolver, e elevada capacidade de adsorção. Materiais adsorventes poliméricos magnéticos têm algumas vantagens sobre os outros já existentes, tais como, os problemas associados com a presença de poros longos e estreitos são diminuídos, isso porque uma cinética de transferência de massa mais rápida pode ser conseguida em decorrência da camada polimérica muito fina só permitir que pequenos poros sejam criados. Além disso, a possibilidade de manuseio seletivo com uso de campo magnético. A presente proposta de trabalho prevê a preparação de micropartículas poliméricas magnéticas de poliestireno-co-divinilbenzeno e carga de magnetita com diferentes funcionalizações e sua caracterização para uso na captura de contaminantes em meio ambiental, em especial, contaminantes radioativos naturais, como urânio, chumbo, polônio e rádio. Pretende contribuir na remediação de ambientes contaminados por radiação, considerando a abundância destes minerais no Brasil, seu potencial de comercialização e uso, os problemas ambientais da desativação de minas e controle da mina ativa em Caetité, Bahia. Observa a necessidade de extração dos radionuclídeos em consideração às diferentes especiações presentes em função do processo de lixiviação e drenagem ácida.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriana Duarte Leon

Ciências Humanas

Educação
  • a difusão de uma educação técnico profissional
  • O presente trabalho pretende analisar as estratégias de atuação estabelecidas por meio da imprensa dos Círculos Operários em prol da consolidação de um ideário de educação técnico-profissional na região sul do Rio Grande do Sul, na década de 1930. A pesquisa discute este tema no contexto do Getulismo, quando se constituiu o Estado Novo, que estabeleceu importantes relações com a Igreja e promoveu o ensino técnico-profissional para a classe trabalhadora. Este estudo se localiza no campo da História da Educação e problematiza questões referentes à consolidação de uma identidade para a educação Técnico-profissional em diálogo com a educação católica e com a educação municipal de Pelotas. A investigação será realizada a partir da análise do jornal O Trabalho, publicado em Pelotas, cuja fonte já está identificada e será digitalizada para pesquisa.
  • Instituto Federal Sul-Rio-Grandense - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022