Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Adriano Lago

Ciências Agrárias

Agronomia
  • análise da sucessão geracional em cooperativas agropecuárias de distintos segmentos no rio grande do sul
  • Este projeto de pesquisa tem como pano de fundo a discussão do papel do cooperativismo, em especial das cooperativas agropecuárias no tocante ao desenvolvimento das regiões rurais, através do fomento a permanência das novas gerações de agricultores no campo. O esvaziamento juvenil do campo propõe repensar o futuro das cooperativas agropecuárias no referente à sua manutenção e renovação do quadro de associado. Considerando que o público alvo das cooperativas são os agricultores, torna-se necessário promover ações que favoreçam a permanência dos jovens no meio rural. O projeto tem como foco analisar as perspectivas sucessórias dos filhos de associados de cooperativas agropecuárias pertencentes ao segmento grãos, leite, carnes e vinho, localizadas em distintas regiões do Rio Grande do Sul. De maneira mais especifica propõe-se realizar um diagnóstico sobre as perspectivas sucessórias dos filhos de associados de cada cooperativa agropecuária envolvida na pesquisa apontando o percentual de propriedades com sucessão, bem como avaliar os apontamentos dos filhos entrevistados no referente à importância e a formas como as cooperativas podem auxiliar no processo sucessório e, como ou com quais ações, a partir das demandas dos filhos, as cooperativas podem auxiliar no processo de sucessão. Espera-se com os resultados contribuir para a ampliação do estado da arte referente aos estudos e trabalhos acadêmicos voltados a discussão do cooperativismo e a sucessão geracional, tendo em vista a escassez de estudos nesta área, bem como auxiliar as cooperativas a elaborar estratégias que favoreçam a manutenção de novos associados e as instituições gaúchas representativas do cooperativismo, tais como, a Federação das Cooperativas Agropecuárias do RS (FECOAGRO) e na realização de projetos, pesquisas e ações no âmbito das demais cooperativas agropecuárias gaúchas.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 08/09/2018-30/09/2021
Foto de perfil

Adriano Maia dos Santos

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • implementação da política nacional de saúde integral de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (pnsi-lgbt) no estado da bahia
  • Trata-se de pesquisa que visa a “análise da implementação da Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (PNSI-LGBT) no estado da Bahia”. Para tanto, a investigação será realizada em três municípios do interior, eleitos por conveniência, por serem espaços de trabalho dos proponentes da pesquisa e, coincidentemente, importantes municípios do estado da Bahia: Vitória da Conquista, Jequié e Paulo Afonso. A pesquisa de cunho qualitativo dará foco na compreensão dos desafios da implementação da PNSI-LGBT na perspectiva estadual e seus desdobramentos em outras três cidades do estado. Porém, não serão estudos avaliativos dos municípios selecionados, pois busca-se a compreensão da política na perspectiva dos stakeholder (ativistas, militantes e usuários de serviços) e, também, de formuladores de políticas. Para tanto, busca-se a análise documental para debater a construção da agenda: disputas em jogo, contexto político e participação social na formulação da política de saúde. Além disso, serão realizadas entrevistas semiestruturadas com informantes-chave participantes diretos na formulação das políticas de saúde na Bahia e no âmbito nacional. Também, serão sujeitos do estudo, participantes do movimento LGBT com destaque na militância pelos direitos à saúde, no âmbito estadual e nos três municípios eleitos. Por fim, em cada um dos municípios serão realizadas entrevistas, também, com transexuais que relatem seus itinerários terapêuticos e, neste sentido, revelem as trajetórias que vivenciam no cotidiano para que se possa articular os elementos da política às narrativas de vivência concreta para acesso aos serviços de saúde. Para identificação de pessoas transexuais, será utilizada a técnica da “bola de neve” – snowball – por meio do “chain referral sampling techniques”. Nesta perspectiva, busca-se identificar as barreiras de acesso aos serviços de saúde e os percursos dentro e fora do sistema “formal” para obtenção do cuidado em saúde. Ressalta-se que os achados, além de indicarem os avanços e desafios para universalidade do Sistema Único de Saúde, servirão como marcadores da qualidade da atenção na perspectiva dos usuários. Por conseguinte, compreende-se o usuário do serviço enquanto indivíduo ativo no processo saúde-doença, que imprime suas escolhas e desejos na busca por cuidado e dessa forma, se constitui como agente imprescindível no planejamento de políticas de saúde e na organização dos serviços.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 29/10/2018-30/09/2021