Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Fátima da Conceição Silva

Ciências Biológicas

Imunologia
  • o impacto e a importância de regimes terapêuticos em gatos com esporotricose
  • A esporotricose é causada por espécies de fungo do complexo Sporothrix schenckii e afeta humanos e outros animais. No Rio de Janeiro, o alto percentual de transmissão do fungo a humanos a partir da mordedura ou arranhadura de gatos infectados evidencia o elevado potencial zoonótico destes animais. Estudos imunológicos iniciais indicam importante papel da resposta celular tipo Th1 na manutenção de quadros favoráveis em gatos com esporotricose. Entretanto, a ocorrência de formas graves é frequentemente descrita mesmo em animais aparentemente imunocompetentes. Uma vez que a gravidade da esporotricose felina parece relacionada a uma resposta ineficiente frente ao fungo, terapias que promovam a modulação desta resposta, como o iodeto, podem ser alternativas promissoras. O objetivo deste estudo é avaliar aspectos da resposta imune em gatos com esporotricose ao longo do tratamento com diferentes protocolos terapêuticos. A amostra do estudo compreenderá gatos com esporotricose submetidos a diferentes protocolos terapêuticos (iodeto de sódio, iodeto de potássio associado ao itraconazol ou itraconazol ) e avaliados mensalmente segundo as seguintes análises: perfil de linfócitos por citometria de fluxo; teste de explosão oxidativa de neutrófilos e PCR em tempo real para detecção de citocinas, receptores Toll-like e proteínas de fase aguda. A coinfecção por diferentes patógenos será avaliada por PCR e sorologia. A resposta in vitro a compostos imunomoduladores será verificada em linfócitos de gatos com esporotricose ou livres de patógenos. Espera-se que os resultados obtidos proporcionem a melhor compreensão da resposta imune na esporotricose felina e sua provável potencializarão com o uso de iodetos contribuindo para o desenvolvimento de medidas de prevenção, tratamento e controle da doença em gatos, com a consequente redução da transmissão para seres humanos e outros animais.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 01/02/2017-31/12/2020
Foto de perfil

Fausto Bruno Dos Reis Almeida

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • influência de galectina-3 no curso da infecção por cryptococcus neoformans
  • Cryptococcus neoformans, agente causador da criptococose, é considerado o principal patógeno fúngico que acomete indivíduos imunodeprimidos. C. neoformans representa um modelo único para estudos de biologia celular, por sua singular característica de ser um patógeno eucarioto com cápsula polissacarídica. Além do mais produz vesículas extracelulares, as quais contém seus principais fatores de virulência. As vesículas cruzam a parede celular para alcançar o espaço extracelular, sendo seus polissacarídeos supostamente usados para possibilitar o crescimento da capsula ou facilitar sua entrega no tecido do hospedeiro. Galectina-3, uma proteína ligante de carboidrato, exerce o controle fino de várias funções imunológicas, incluindo adesão celular, migração, ativação, apoptose e secreção de citocinas, estando envolvida na resposta imune inata e adaptativa. Sob supervisão do Dr. Arturo Casadevall, no Albert Einstein College of Medicine de Nova Iorque, nosso grupo verificou que galectina-3 exerce efeito lítico sobre as vesículas extracelulares de C. neoformans, bem como detectou elevados níveis séricos de galectina-3 em camundongos infectados com C. neoformans. Essas observações motivam a presente proposta de estudar o papel de galectina-3 no curso da criptococose experimental. Mais especificamente, propomo-nos a cumprir os seguintes objetivos: (1) comparar a sobrevivência da infecção por C. neoformans entre camundongos selvagens e nocauteados (galectina-3 KO), (2) investigar o papel de galectina-3 no curso da infecção por C. neoformans em camundongos, por parâmetros imunológicos e histológicos, (3) analisar comparativamente o perfil gênico da resposta imune inata do hospedeiro, durante a criptococose, por arranjo de PCR em tempo real (PCR Array), da modulação de genes relacionados a resposta antifúngica, bem como adicionalmente comparar com a modulação gênica do camundongo galectina-3 KO infectado por C. neoformans. Nossa expectativa é de que galectina-3 desempenhe importantes papéis no processo de infecção por C. neoformans.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fausto Medeiros Mendes

Ciências da Saúde

Odontologia
  • estudo clínico randomizado de duas estratégias de diagnóstico para avaliação clínica de lesões de cárie ao redor de restaurações em dentes decíduos - cardec 3 (caries detection in children)
  • Há uma enorme escassez de evidências científicas robustas em relação à detecção de lesões de cárie ao redor de restaurações dentárias. Isso reflete numa falta de padrão entre os cirurgiões dentistas, levando a excesso de trocas de restaurações sem necessidade. Portanto, o objetivo da proposta será: (i) avaliar a acurácia de dois critérios de inspeção visual para detecção de lesões de cárie ao redor de restaurações em dentes decíduos, bem como o impacto desses critérios nas decisões de tratamento; (ii) avaliar a influência da utilização desses dois critérios em desfechos clinicamente importantes para os pacientes; (iii) avaliar o impacto econômico dessas duas estratégias de diagnóstico. Todos os objetivos serão contemplados com a realização de um estudo clínico randomizado de braços paralelos com 2 anos de acompanhamento. Uma amostra mínima de 626 restaurações em dentes decíduos de aproximadamente 204 crianças de 3 a 10 anos que foram em busca de tratamento odontológico serão incluídas em um dos grupos do estudo, de acordo com as estratégicas de diagnóstico. Num grupo, as crianças terão suas restaurações avaliadas utilizando o critério da Federação Dentária Internacional (Grupo FDI), e no outro, a avaliação será realizada pelo critério proposto no International Caries Classification e Management System (Grupo ICCMS). As crianças incluídas serão randomizadas para um dos grupos, e um examinador realizará a avaliação e consequente decisão de tratamento dos dentes decíduos restaurados de acordo com o grupo alocado. Após a elaboração das decisões de tratamento, o mesmo examinador realizará a avaliação com o outro critério, a fim de contemplar o objetivo (i). A criança será tratada por um operador, cego em relação ao grupo, seguindo o que foi proposto no plano de tratamento. Todo o restante do tratamento das crianças será realizado, e a criança retornará para avaliações periódicas em 6, 12, 18 e 24 meses após o fim do tratamento. Para o objetivo (i), o operador indicará se há ou não a presença de tecido cariado após a remoção da restauração, quando esta for indicada no plano de tratamento. Nos casos em que não foi proposta a troca da restauração, a presença de lesão será considerada caso ela seja identificada após 1 ano de acompanhamento. Caso contrário, o dente será considerado como hígido, e esse procedimento será o padrão de referência para o cálculo dos parâmetros de acurácia dos dois sistemas testados. O impacto dos métodos na decisão de tratamento será comparado entre eles nesse objetivo. Já para o objetivo (ii) e (iii), as restaurações serão reavaliadas por avaliadores cegos ao grupo alocado ao tratamento realizado no início do estudo. Nessas reavaliações, os avaliadores indicarão a necessidade ou não de alguma intervenção naquela restauração, e isso será considerado o desfecho para o objetivo (ii). A taxa de ocorrência dos desfechos entre os dois grupos relacionados às estratégias de diagnóstico será comparada utilizando análise de regressão de Cox com fragilidade compartilhada. Finalmente, para o objetivo (iii), dados relacionados ao custo direto e indireto dos tratamentos decorrentes das estratégias de diagnóstico testadas serão coletados, e análises econômicas serão feitas para comparação das estratégias. Para esse propósito, serão realizadas análises de custo-eficácia e custo-utilidade utilizando os dados coletados e a ocorrência dos desfechos relatadas acima. Também, modelagens de Markov serão realizados com o intuito de simular diferentes contextos e cenários, visando aumentar a capacidade de extrapolação dos nossos achados. A meta final da proposta é fortalecer de forma significativa a evidência sobre as estratégias de diagnóstico utilizadas para avaliação de restaurações em dentes decíduos, visando buscar uma maior padronização dos métodos, o que trará benefícios inegáveis para diminuir o sobretratamento, e consequentemente, beneficiar a saúde bucal das crianças.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fauze Jaco Anaissi

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • óxidos porosos e lamelares aplicados na adsorção de corantes e seu reuso como pigmentos inorgânicos
  • Trata-se da proposta de preparação e aplicação de óxidos e porosos e lamelares aplicados na adsorção de corantes e seu reuso como pigmentos inorgânicos sintéticos (PIS). Os óxidos podem ser obtidos por 3 metodologias distintas: I) Reação de combustão com polissacarídeos e derivados; II) Digestão ácida e alcalina de resíduos metálicos, tais como ferro e alumínio; e III) Saturação de argilas esmectitas com íons férricos. O tema PIS está impulsionado pela repercussão dos resultados envolvendo: os Óxidos de Ferro obtidos por termólise (temperaturas de 50, 70, 90 e 110 oC); e os Aluminatos coloridos obtidos por combustão com pectina citrica, ambos publicados no periódico Dyes and Pigments. Nas duas situações ocorreu a obtenção de partículas de tamanho variado com diferença na cor ou tonalidade. Atrelado ao tema PIS, estamos transformando resíduos metálicos (ferro e alumínio) em óxidos brancos e coloridos, cujo destaques são: uso mínimo de volume de água (com acidez e alcalinidade controladas); digestão a temperatura ambiente ou uso eficiente de energia; geração zero de resíduos; reuso de matéria prima; reagentes e reações seguras e de domínio do grupo. Assim, a temática de PIS tornou-se cientifica e tecnologicamente viável, pois engloba os conceitos e princípios de Química Verde, o qual a IUPAC define como: “A invenção, desenvolvimento e aplicação de produtos e processos químicos para reduzir ou eliminar o uso e a geração de substancias perigosas”. Entende-se por “perigosas” as substâncias nocivas à saúde humana ou ao meio ambiente. Os óxidos obtidos são promissores em aplicações como: i) eletrodos de pasta de carbono modificados (EPCMs) para serem utilizados como sensores não enzimáticos, sensor de gases e analitos redox; ii) pigmentos inorgânicos para tintas e derivados, iii) camada de proteção anticorrosão, iv) como componente para massas cerâmicas porosas ou compactas.
  • Universidade Estadual do Centro-Oeste - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Federico Ferraguto

Ciências Humanas

Filosofia
  • filosofia transcendental e teoria dos instintos.
  • 3. Resumo O projeto concentra-se na relação entre a questão da vida instintiva, a abordagem filosófico-transcendental de Fichte e Husserl e as suas implicações no espaço interdisciplinar da psicologia e da filosofia da mente. O projeto visa a reconstrução do desenvolvimento histórico e teórico das relações entre o idealismo transcendental de J.G. Fichte e a fenomenologia transcendental de Husserl e uma análise das implicações, históricas e teóricas, envolvidas na compreensão desta relação. Os problemas teóricos e históricos enfrentados ao longo da pesquisa são basicamente cinco: 1. A constituição transcendental da consciência, a ser entendida como lugar em que acontece a relação teórica e pratica entre mente e mundo. 2. Os limites de uma confrontação entre filosofia transcendental e ciências empíricas da consciência no que diz respeito aos limites de uma suposta ‘naturalização’ da filosofia transcendental. 3. A reconstrução histórica da compreensão da consciência como conjunto de pulsões que motivam as prestações intelectuais do sujeito consciente a partir do 4. A reconstrução da gênese da problemática da naturalização da consciência a partir da “antinomia de nossa faculdade de conhecimento” shopenhaueriana. 5. A reflexão sobre as possibilidades de uma atualização legitima da filosofia clássica alemã e, em especial, da doutrina da ciência de Fichte. A pesquisa consta portanto: a) De um trabalho historiográfico, que visa estudar os elementos da recepção contemporânea de Fichte a partir da fenomenologia husserliana. b) De um trabalho historiográfico sobre a formação da antropologia fichteana a partir da sua recepção da antropologia do iluminismo alemão. c) De um estudo da recepção do problema da relação entre vontade e conhecimento na filosofia alemão do século XIX a partir da analise da obra de Schopenhauer. d) De um trabalho teórico que visa a confrontação da perspectiva filosofia transcendental com as suas possíveis extensões em um sentido naturalista (Marbach, Zahavi). e) De um trabalho ligado à edição e tradução de textos pertinentes com a pesquisa, f) Discussão dos resultados da pesquisa em eventos, entre os quais o IV congresso da Associação Latino-Americana de estudos sobre Fichte (novembro 2019). g) Desenvolvimento do projeto no espaço de um convenio entre PUCPR e Universidade de Ferrara, visado na formação de recursos humano de nível superior (Doutorado), que está sendo aprovado pelas duas universidades. h) Aprofundamento das relações com outros departamentos de excelência no Brasil como por exemplo a UFMG e a UFSCar. Realização de seminários e grupos de estudos e de tradução conjuntos. i) Realização de uma pesquisa interdisciplinar que visa, além de uma pesquisa histórico-filosófica, contribuir ao debate contemporâneo, colocando em primeiro lugar o lado pulsional do ser humano, e refletindo sobre as complexas relações entre consciência e natureza.
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Felício Bruzzi Barros

Engenharias

Engenharia Civil
  • estratégias para a simulação numérica dos mecanismos de colapso em meio elástico e parcialmente frágil - técnicas baseadas no enriquecimento da partição da unidade}
  • Esta proposta tem caráter científico e tecnológico abrangendo a formulação e aprimoramento de métodos numéricos para melhor compreender o mecanismo de colapso de estruturas, especialmente as de concreto armado. O tema central são as formulações baseadas no conceito da Partição da Unidade (Método dos Elementos Finitos, MEF, Método dos Elementos Finitos Generalizados, MEFG formulações sem-malha). O OBJETIVO é avançar no conhecimento destes métodos, sua generalização e contribuir para uma utilização mais adequada na Mecânica das Estruturas. Preocupa- se com a simulação do fenômeno de propagação de defeitos, abrangendo problemas da Mecânica do Dano e da Fratura. Cabe ressaltar que apesar dos grandes avanços em técnica e tecnologia ocorridos nas últimas décadas, a análise de componentes estruturais constituídos de materiais sujeitos ao processo de fraturamento/danificação ainda apresenta grandes limitações. Com base em trabalhos a este respeito e na experiência do proponente, observa-se um grande potencial de simulação das formulações baseadas na partição da unidade. O desenvolvimento desta pesquisa será realizada, em grande parte, com a orientação de trabalhos de graduação e pós-graduação. Este importante aspecto de formação de recursos humanos pode ser observado na equipe proposta, que conta com um aluno de graduação e sete de pós-graduação (mestrado e doutorado) com vinculação ao Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Estruturas da UFMG, PROPEEs. Também vinculados ao PROPEEs estão os pesquisadores que deverão contribuir com este projeto, todos associados ao grupo de pesquisa da UFMG Simulação Numérica e Computacional na Mecânica dos Sólidos e das Estruturas.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Felipe André dos Santos

Outra

Ciências Ambientais
  • estudo de proteínas ligadas ao mercúrio em amostras de leite materno da região amazônica - brasil
  • O leite materno é a principal fonte disponível de nutrientes para os lactentes e a dieta da mãe pode influenciar de forma significativa na sua composição. Estudos têm indicado altas concentrações de mercúrio em leite materno de mães que se alimentam de grandes quantidades de peixes contaminados. As concentrações de mercúrio no leite materno são aproximadamente um terço da concentração de mercúrio no sangue da mãe. Nas últimas décadas a comunidade científica tem estudado intensamente os altos teores de mercúrio encontrados na população humana na região da Amazônia brasileira, procurando-se assim esclarecer os possíveis mecanismos de toxicidade das espécies mercuriais no leite materno. A fração biodisponível das espécies mercuriais no leite materno pode ser dependente da forma como estão ligadas às proteínas. Contudo, pesquisas sobre o esclarecimento dos mecanismos de toxicidade do mercúrio em humanos dessa região em nível celular, de fundamental importância socioambiental, ainda não foram tão explorados. Estudos relacionados a possíveis biomarcadores de proteínas ligadas ao mercúrio poderão indicar previamente uma contaminação, evitando-se assim, possíveis riscos à saúde humana exposta a esse elemento. Devido ao exposto, a metalômica, nova área científica, apresenta como proposta inovadora e inédita a elucidação de espécies mercuriais complexadas e transportadas por proteínas e/ou enzimas, as quais poderão ser utilizadas como possíveis biomarcadores de toxicidade do mercúrio nos seres humanos. Assim, este trabalho tem como objetivo: otimizar procedimentos de eletroforese bidimensional para a separação e identificação de metaloproteínas responsáveis pelo transporte de mercúrio em amostras de leite materno coletados na região Amazônica; determinar as proteínas nas quais estão ligadas com mercúrio por GFAAS ou CVAFS; otimizar metodologias para especiação de mercúrio nas amostras de leite materno; caracterização das metaloproteínas transportadoras de mercúrio por ESI-MS/MS; e finalmente a análise de bioinformática procurando-se possível correlação da incorporação do mercúrio na estrutura dessas proteínas em nível fisiológico.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Felipe Andrés León Contrera

Ciências Biológicas

Zoologia
  • estrutura da paisagem e abelhas sem ferrão - efeitos sobre a coleta e uso de recursos alimentares e a dinâmica das colônias e indivíduos
  • Os padrões de coleta e uso de recursos pelas abelhas nativas sem ferrão são essenciais para se entender a sua relação com os ambientes onde eles ocorrem. Entretanto, há poucos dados de como a estrutura da paisagem afeta a dinâmica dos ninhos e dos indivíduos, especialmente a coleta de alimentos, a taxa de consumo destes, e os padrões de mortalidade das forrageiras, além dos tipos polínicos coletados. Nesta proposta, estudaremos a relação da estrutura da paisagem com os parâmetros mencionados, de espécies dos gêneros Melipona, Scaptotrigona, Plebeia e Frieseomellitta, dos biomas Amazônico, Caatinga, Cerrado e Restinga. Os experimentos englobarão a coleta de pólen de forrageiras, e de botões florais fechados na área de ação teórica das abelhas, além de experimentos que medirão o consumo desses estoques ao longo do tempo e como eles estão relacionados com a taxa de oviposição da rainha e o tamanho corporal das abelhas nascentes. Outros experimentos medirão como o esforço de forrageio das diferentes espécies estudadas em paisagens diferenciadas afetam a expectativa de vida das forrageiras, e como elas exploram as diferentes paisagens, através de experimentos de soltura e recaptura de operárias em diferentes distâncias e paisagens. Todos esses experimentos visam dar um panorama de como as abelhas sem ferrão dos gêneros estudados coletam, utilizam os recursos necessários para a colônia, e como todos esses fatores impactam a dinâmica da colônia e dos indivíduos nas diferentes paisagens e biomas do Brasil.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 03/07/2018-31/07/2021
Foto de perfil

Felipe Augusto Ferreira de Almeida

Outra

Divulgação Científica
  • ix semana nacional de ciência e tecnologia do ifsp câmpus boituva
  • A SNCT do IFSP Câmpus Boituva se encontra em sua nona edição. Em quatro edições anteriores houve apoio financeiro do CNPq. Neste ano, devido à Pandemia, o evento será totalmente à distância, com ciclo de palestras, minicursos, oficinas e apresentação de trabalhos. Será contratada a plataforma Zoom Webinar para que o evento tenha qualidade e garantia de transmissão adequada. Será contratada empresa de marketing digital para realizar a elaboração da identidade visual e ampla divulgação do evento mas mídias sociais. Contaremos com a presença de renomeados pesquisadores do Instituto De Ciências Matemáticas e de Computação - ICMC - da Universidade de São Paulo na área de Inteligência Artificial. A abrangência será regional, com cidades próximas ao município de Boituva. Pretende-se com parte do recurso financeiro, realizar aquisição de material de consumo para providenciar infraestrutura para alguns estudantes que tenham dificuldade de acesso à internet.
  • Instituto Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 20/10/2020-30/04/2021
Foto de perfil

Felipe Bohn

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • dinâmica da magnetização em sistemas magnéticos nanoestruturados: jogando com classes de universalidade de avalanches barkhausen em filmes ferromagnéticos
  • Dentre os grandes temas que desafiam a comunidade científica atualmente está a dinâmica da magnetização em sistemas magnéticos nanoestruturados. Em particular, a dinâmica de paredes de domínio e o ruído Barkhausen em filmes têm sido assunto de intenso debate na literatura nas últimas décadas. Entretanto, mesmo com os recentes avanços alcançados neste campo, devido a dificuldades tanto teóricas quanto experimentais, muitas questões ainda permanecem em aberto. Neste projeto, propõe-se investigar a dinâmica da magnetização, com ênfase no ruído Barkhausen em filmes, com diferentes características estruturais e em um amplo intervalo de espessura, e em multicamadas. A partir de séries temporais de ruído Barkhausen, medidas através da tradicional técnica indutiva comumente empregada para materiais ``bulk'', é realizada uma ampla análise estatística, incluindo a distribuição de área das avalanches Barkhausen, distribuição de duração, curva de área média em função da duração, espectro de potência e a forma média da avalanche; esta última obtida pela primeira vez a partir de séries temporais medidas em filmes e publicada, recentemente, por nosso grupo. Partindo das mesmas séries temporais, também é obtida a análise multifractal e a distribuição de ``quiet time'', correspondendo a um procedimento inovador quando considerado o ruído Barkhausen. Sendo assim, a partir de um vasto conjunto de resultados, tem-se como principal objetivo estudar a dinâmica da magnetização e o ruído Barkhausen em filmes e multicamadas a fim de compreender os efeitos da espessura (associada à dimensionalidade do sistema) e do caráter estrutural da amostra (geralmente relacionado com o alcance das interações) sobre a dinâmica de paredes de domínio, bem como avaliar os efeitos da ação combinada entre espessura e caráter estrutural sobre as avalanches Barkhausen. Dentro do contexto de ``crackling noise'', os resultados obtidos, além de proporcionarem fundamentos para o completo entendimento da dinâmica de paredes de domínio em filmes, trazem importantes informações sobre uma vasta gama de fenômenos que compartilham características e que apresentam uma dinâmica que ocorre através de avalanches, tais como terremotos, flutuações na bolsa de valores, dinâmica de supercondutores, propagação de fluidos em meios porosos, entre outros. Por outro lado, do ponto de vista tecnológico, a produção e caracterização dos filmes contribuem para a evolução no controle da técnica de fabricação de filmes, com propriedades estruturais e magnéticas específicas, empregados em dispositivos eletrônicos.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Felipe Braga Ribas

Ciências Exatas e da Terra

Astronomia
  • estudo de objetos do sistema solar através de fenômenos transitórios
  • O estudo de pequenos corpos do sistema solar, em especial os corpos distantes como os centauros e transnetunianos, traz informações fundamentais sobre a formação e evolução dinâmica do sistema. No entanto, estes corpos apresentam dimensões angulares muito pequenas, assim determinar suas propriedades físicas é um desafio. Em uma colaboração internacional com o Observatório de Paris-Meudon e Instituto de Astrofísica de Andalucia, lideramos o emprego da técnica de ocultações estelares como uma poderosa ferramenta para determinar tamanho e forma destes corpos. A técnica também permite estudar o entorno do objeto, e de forma surpreendente, estes corpos tem mostrado características como alto albedo, ausência de atmosfera e anéis no seu entorno. Além de publicações de grande impacto, este trabalho tem permitido a formação de recursos humanos tanto em nível de graduação quanto pós-graduação. Assim, pretende-se fortalecer os trabalhos desta pesquisa que são realizados no âmbito do recém criado Programa de pós graduação em Física e Astronomia da UTFPR, permitindo uma maior eficácia nas aquisição de dados, com telescópio e camera adequados, e desenvolvimento de uma nova plataforma para divulgação e recebimento dos relatórios e dados obtidos por colaboradores, permitindo maior dedicação à publicação das caracterizações físicas de pequenos corpos.
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Felipe da Costa Trotta

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • música e violência nas cidades
  • A presente pesquisa tem como objetivo investigar a experiência musical e sonora em espaços públicos a partir da categoria violência. Parte-se da ideia de que a escuta forçada é articuladora de violência que se mistura com diversas outras formas de violências enfrentadas no cotidiano das cidades. Serão estudados dois casos particulares da cadeia varejista Lojas Americanas e o centro de compras a céu aberto conhecido como Saara, no centro da cidade do Rio de Janeiro. Espera-se contribuir para a ampliação das pesquisas sobre música, som e cidades no campo dos Estudos Culturais.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Felipe da Silva Krawczak

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • tigeciclina, uma nova proposta de tratamento para febre maculosa brasileira, versus doxiciclina na infecção experimental por rickettsia rickettsii em cobaios (cavia porcellus).
  • No Brasil, a febre maculosa brasileira (FMB), é a riquetsiose de maior importância, sendo uma doença febril hemorrágica grave, endêmica na região sudeste, onde atinge altas taxas de letalidade (acima de 50%). Diante da gravidade do quadro clínico, complicações associadas e alta letalidade, os guias internacionais indicam o uso da doxiciclina como fármaco de primeira escolha, idealmente por via endovenosa e nos primeiros cinco dias de evolução da doença. No entanto, no Brasil, para o tratamento da FMB, a doxiciclina é fornecida unicamente em forma de comprimidos, além de ser preconizado o uso de cloranfenicol injetável como fármaco de segunda escolha. Dada a indisponibilidade do registro comercial da doxiciclina injetável, junto ao órgão regulador do país (Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA), desde 2013, o Ministério da Saúde do Brasil vem tentando a importação, aquisição e incorporação da doxiciclina nessa apresentação para o tratamento da FMB, porém, por motivos econômicos e desinteresse comercial dos laboratórios produtores do medicamento, até o presente, dita tentativa não tem sido viável. A tigeciclina é uma tetraciclina de terceira geração, de uso endovenoso exclusivo, com ampla atividade antimicrobiana, e encontra-se disponível no âmbito hospitalar para o uso em humanos. Trabalhos publicados na última década (relatos de caso e experimentos in vitro) demonstraram igual ou maior efetividade do tratamento com tigeciclina quando comparado com doxiciclina, frente a bactérias patogênicas do gênero Rickettsia e outros agentes da ordem Rickettsiales. Com base nestes achados e levando em consideração que os cobaios (Cavia porcellus) são o modelo animal experimental clássico nas infecções por riquétsias, nosso estudo terá como objetivo avaliar se o tratamento com tigeciclina em cobaios (Cavia porcellus) infectados previamente com Rickettsia rickettsii pode ser igual ou mais eficiente no controle da infecção por esta riquétsia quando comparado com doxiciclina.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Felipe Dal Pizzol

Ciências da Saúde

Medicina
  • estudo prospectivo e muticêntrico dos fatores preditivos de mortalidade hospitalar e carga de doença da síndrome respiratória aguda grave
  • Há uma urgência mundial na realização de pesquisas sobre o coronavírus, especialmente Sars-CoV-2, que nos levem a uma melhor compreensão das funções de suas proteínas e respostas imunológicas e que permitam desvendar a patogênese do vírus e o delineamento dos alvos terapêuticos. A resposta imunológica pode variar de acordo com o grau de infecção e, portanto, ainda não é apropriado correlacionar os marcadores imunológicos aos sintomas. Os pacientes infectados apresentam linfocitopenia, trombocitopenia, leucopenia, anemia, aumento da proteína C-reativa, observando-se uma grande amplificação dessas alterações nas formas mais graves da doença em comparação com as formas menos graves. Os quadros graves também foram relacionados a superativação de células T, manifestada pelo aumento de Th17 correlacionando-o a alta a citotoxicidade das células T CD8. Respostas imunes exacerbadas após a infecção são descritas como uma tempestade de citocinas (citokyne storm), associada a níveis excessivos de citocinas pró-inflamatórias e danos generalizados aos tecidos, incluindo a síndrome do desconforto respiratório agudo (SDRA). Em um recente estudo em que analisaram perfil inflamatório de pacientes clinicamente moderados e graves, demonstraram que a citokyne storm ocorre durante a infecção por Sars-CoV-2, mas o papel detalhado das citocinas na gravidade e progressão da doença ainda são desconhecidos. Também foi relatado aumento da interleucina (IL)-2, IL-7, fator estimulador de colônias de granulócitos, proteína 10 induzível por interferon-gama;, proteína 1 quimioatrativa de monócitos, proteína inflamatória de macrófagos 1 A, proteína 1-alfa; e o fator de necrose tumoral-alfa. Além disso, outros preditores de fatalidade em um estudo multicêntrico retrospectivo recente de 150 casos confirmados de COVID-19 incluíram ferritina e IL-6. Decisões diagnósticas e terapêuticas são baseadas no prognóstico dos pacientes. Modelos prognósticos são modelos estatísticos que combinam duas ou mais variáveis de pacientes para predizer um desfecho clínico Os modelos prognósticos podem auxiliar na descoberta de modalidades de tratamento mais eficazes para os desfechos de interesse. Os desfechos de maior interesse tanto individualmente como para a saúde pública são a mortalidade e as incapacidades. Incapacidades podem ser de natureza física (ex. paralisias, redução da capacidade pulmonar), mental (dificuldade cognitiva, sintomas depressivos) ou ambas, e variam quanto à sua intensidade e impacto na qualidade de vida. As doenças causam um impacto (“burden”, do inglês carga), que pode ser medido através de custos financeiros, mortalidade, morbidade e outros indicadores. A medida “DALY” do inglês “anos de vida ajustados pela incapacidade” (“disability-adjusted life year”) estima o número de anos de vida com saúde perdidos devido à doença, invalidez ou morte precoce. Quanto mais precoce ocorrer o óbito ou incapacidade, maior será o impacto da patologia sobre o DALY. Pacientes sobreviventes de internação em UTI apresentam alto risco de apresentarem disfunção cognitiva e transtornos psiquiátricos após a alta hospitalar. Os mecanismos não estão completamente esclarecidos, e envolvem impacto direto e indireto da resposta ao estresse, inflamação sistêmica, hipóxia, instabilidade hemodinâmica e infeções. Estes fatores também podem contribuir para agravar lesões decorrentes de patologias primariamente cerebrais (ex. meningite, AVE, trauma craniano) Além disto, sobreviventes de lesões pulmonares agudas grave podem apresentar limitação funcional pulmonar a longo prazo como demonstramos previamente. Nossa hipótese é que além de apresentarem um risco significativo de mortalidade, uma grande parcela dos pacientes sobreviventes das SRAG também apresentam sequelas funcionais pulmonares, e transtornos neuropsiquiátricos incapacitantes, quem impactam na medida DALY, na qualidade de via dos pacientes, com impacto direto sobre o sistema de saúde e seguridade social. Acreditamos que este risco esteja aumentado em pacientes mais idosos, maior tempo de internação, com maiores índices de gravidade da SRAG e baixos níveis de escolaridade. Além disso, marcadores imunológicos também podem estar independentemente associados a ocorrência de letalidade e incapacidades tardias. Acreditamos também, que os marcadores imunológicos, assim como os desfechos, possam ser diferentes em pacientes com SRAG secundária a COVID-19, quando comparada a quadros não relacionados ao Sars-CoV-2. Por fim, além de incrementar a capacidade preditiva dos modelos prognósticos que iremos desenvolver, a identificação de marcadores imunológicos será o ponto de partida na busca de alvos terapêuticos eficazes para reduzir a mortalidade e morbidade por SRAG de diferentes etiologias.
  • Universidade do Extremo Sul Catarinense - SC - Brasil
  • 16/07/2020-15/08/2022
Foto de perfil

Felipe Damasio

Ciências Humanas

Educação
  • a articulação entre divulgação científica, educação científica e ciência experimental contribuindo para qualificar o ensino de ciências na educação básica
  • Vide projeto anexo
  • Instituto Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 12/08/2019-30/11/2021
Foto de perfil

Felipe de Azevedo Silva Ribeiro

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • ciência para todos no semiárido x
  • Estimular o interesse pela ciência nos jovens de localidades remotas do sertão do semiárido é um desafio que o programa Ciência Para Todos no Semiárido Potiguar vem enfrentado com sucesso com recursos das chamadas 51/2010, 25/2011, 50/2012, 46/2013, 44/2014, 20/2015 e 25/2017 do CNPq. Em 2011, a abrangência do programa foi nas 12ª, 13ª, 14ª e 15ª Diretorias Regionais de Educação do Rio Grande do Norte (DIRECs), no ano de 2012 também nas 8a e 11a DIRECs, em 2013 em mais uma escola da 6a DIREC e a partir de 2014 na rede municipal de ensino de Mossoró. A partir de 2020, as escolas da 1a DIREC participarão do programa, atingindo um total de 232 escolas de 71 municípios potiguares que realizarão feiras de ciências em escolas, com projetos gerados a partir de questionamentos da vivência cotidiana dos estudantes, usando o método científico. A semente plantada tem ajudado professores e estudantes a compreender a lógica e a simplicidade do método científico, estimulando nos jovens o desenvolvimento do espírito inquiridor que caracteriza o cientista, e produzindo frutos que nos emocionam e estimulam a dar continuidade a este projeto. Partindo de uma realidade onde as escolas não realizavam feiras de ciências, hoje assistimos a uma verdadeira explosão das feiras escolares nos municípios onde atuamos. Acreditamos que o esforço desenvolvido pelas duas universidades públicas (UFERSA e UERN) envolvidas nos nove anos do programa será reconhecido para nos dar a oportunidade de continuar com este trabalho, que precisa ser consolidado e ampliado. O desafio continua sendo enorme, mas acreditamos que a experiência acumulada e as estratégias desenvolvidas para enfrentar as dificuldades habilitam nossa equipe a realizar esta edição do projeto agora intitulado “Ciência Para Todos no Semiárido X”. Portanto, o objetivo desse projeto é despertar a curiosidade científica nos alunos do ensino médio e realizar a X Feira de Ciências do Semiárido Potiguar com no mínimo 200 trabalhos nas mais diversas áreas do conhecimento, usando o método científico de investigação. O projeto envolverá etapas de capacitação de professores e multiplicadores sobre o método científico; oficinas de elaboração de projetos; acompanhamento das atividades de execução dos projetos; feira de ciências nas escolas; feira de ciências nas diretorias regionais, feira de ciências estadual e por fim atribuição de bolsas de iniciação científica júnior e participação dos melhores trabalhos em Feiras de Ciências Nacionais e Internacionais.
  • Universidade Federal Rural do Semi-Árido - RN - Brasil
  • 07/01/2020-31/01/2021
Foto de perfil

Felipe Fardin Grillo

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • reuso de resíduo da indústria de papel e celulose na produção de escórias sintéticas
  • A siderurgia vem sofrendo transformações que buscam inovação e matérias-primas alternativas. Neste contexto, o principal objetivo desta pesquisa é substituir a cal como agente de dessulfuração e desfosforação. Por esta razão, um resíduo da indústria de papel (lama de cal) foi estudado para um agente de dessulfuração à base de escória, a fim de substituir a cal. Inicialmente, o resíduo será caracterizado utilizando as seguintes técnicas: análise química, análise granulométrica, área de superfície específica, difração de raios-X, microscopia eletrônica de varredura (MEV) e análise de espectroscopia por energia dispersiva (EDS). Após a caracterização, o metal será inserido no cadinho e realizada a completa fusão. A temperatura será aferida por um termopar descartável. Após atingida a temperatura, a escória será adicionada e amostras de metal serão coletadas (em 0, 1, 3, 5, 7 e 10 minutos). Por fim, os resultados experimentais serão comparados com os obtidos nos softwares termodinâmicos.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Felipe Fernandes Fanchini

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • inteligencia artificial aplicada a problemas físicos: um projeto focando em transição de fases quânticas
  • Este projeto de pesquisa tem como objetivo desenvolver uma metodologia que possa trazer de forma rápida e eficiente informações sobre as transições de fase quântica considerando modelos arbitrários. Nós iremos focar em diversas técnicas de inteligência artificial, passando pelos modelos mais simplistas aos mais sofisticados. Um de nossos objetivos é determinar se classificadores treinados em modelos simplistas são capazes de detectar as transições de modelos mais complexos. Além disso, através de técnicas de seleção de características, pretendemos determinar quais as observáveis são mais relevantes na determinação das transições. Tais informações poderão trazer uma nova forma de estudarmos as transições de fase quântica, onde métodos computacionais de inteligência artificial trarão novas perspectivas.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Felipe Flores Kupske

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • bilinguismo e perda não patológica de língua materna: uma análise de imigrantes soteropolitanos em londres e de britânicos em salvador
  • Muito embora seja um fenômeno empiricamente evidenciado, a Atrito de L1, perda não patológica de L1, ainda representa campo drasticamente pouco pesquisado, fato que justifica esta proposta de pesquisa por si só. Nesse prisma, conforme apontamos em Kupske (2017), seguindo-se Major (1992, 2010) e Schmid (2010), estudos que tentam deslindar o processo de influência da L2 na L1, um dos gatilhos do atrito, ainda representam uma parcela diminuta e à margem dos estudos da área de linguagem. A pesquisa em Atrito tem apresentado um leve desenvolvimento desde a década de 1980, mas ainda é raramente levada em consideração na linguística (KUPSKE, 2017). No Brasil, por exemplo, estudos de produção dos sons por falantes atritados são raros e, em relação à percepção, inexistentes. Assim, partindo de uma visão da linguagem como um Sistema Adaptativo Complexo (LARSEN-FREEMAN; CAMERON, 2008; BECKNER et al. 2009), calcado na psicolinguística e tomando ideias e métodos da fonética experimental, por meio de dois experimentos, este projeto tem como objetivo principal investigar o atrito de L1 na produção e na percepção da fala de bilíngues soteropolitanos em Londres e londrinos em Salvador, todos imigrantes de primeira geração. Busca-se, no Experimento 1, investigar a produção das oclusivas surdas do PB e do Standard Southern British English (SSBE) por imigrantes adultos de Salvador residentes em Londres e de londrinos em Salvador, testando os efeitos do tempo de residência e de outras variáveis como, por exemplo atitudes e motivação frente à L1 e à L2, histórico social e educação, aptidão linguística e personalidade. No Experimento 2, tentamos analisar como imigrantes atritados em um contexto de L2 dominantes são julgados quanto ao grau de sotaque em suas L1 por compatriotas monolíngues e por outros bilíngues em contextos de imigração. Como não se pensa em inovação apenas na perspectiva de novos produtos, serviços ou tecnologia, mas também em valor ou conceito, salientamos o potencial de inovação deste projeto. De maneira holística, além de trazer à tona e popularizar a área do atrito de L1, que vem intrigando a pesquisa em psicolinguística nas últimas décadas, os resultados desta pesquisa serão aplicados para elucidar não apenas o próprio atrito, mas também o desenvolvimento da línguas naturais como um todo. Além disso, destacará novos rigores metodológicos, sobretudo no controle e recrutamento de participantes, e novos instrumentos de análise. O mesmo se aplica ao ponto de vista científico, já que esta pesquisa busca evidenciar e analisar um fenômeno ainda pouco considerado na psicolinguística brasileira, por se tratar de uma área recentemente introduzida às ciências da linguagem.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Felipe Francisco Bondan Tuon

Ciências da Saúde

Medicina
  • detecção de microrganismos em dispositivos ortopédicos submetidos à sonicação, por espectrometria de massa, reação em cadeia da polimerase e cultura, após diferentes condições de processamento.
  • Os avanços tecnológicos, tanto em relação aos materiais utilizados como em relação aos métodos de design computacionais, permitiram o desenvolvimento de dispositivos ortopédicos cada vez mais funcionais auxiliando a inclusão e a participação social de pessoas com deficiência. Existem diversos tipos de dispositivos ortopédicos tais como placas, pinos, parafusos e próteses. Esses dispositivos são geralmente produzidos em metais puros, ou combinados com cerâmicos e polímeros, e podem ser utilizados para fixação de fratura óssea ou para substituição de tecidos duros. No entanto, estes dispositivos médicos tornam-se vulneráveis à contaminação, tanto pela microbiota colonizante, quanto por fontes ambientais, favorecendo assim a ocorrência de infecções ósseas associadas ao implante. A colonização bacteriana do dispositivo médico não só pode evoluir para a infecção clínica, como também pode afetar negativamente sua função. Para alguns pacientes, as infecções de próteses articulares frequentemente requerem múltiplas cirurgias, terapia antimicrobiana em longo prazo e períodos prolongados de reabilitação. Por estas razões o diagnóstico microbiológico, realizado por meio de cultura de amostras como fragmentos de biópsia e próteses ou componentes sólidos torna-se muito importante na estratégia de uso dos antimicrobianos. Este estudo tem como objetivo avaliar a detecção de microrganismos utilizando a técnica de sonicação de parafusos ortopédicos como método diagnóstico de infecções relacionadas a dispositivos médicos, após produção in vitro de biofilme de Pseudomonas aeruginosa, Staphylococcus aureus e Candida albicans, utilizando diferentes formas de processamento e subsequente detecção direta por reação em cadeia da polimerase em tempo real (qPCR) e espectrometria de massa por MALDI-TOF. Estudos recentes do nosso grupo de pesquisa mostram que o modelo de biofilme em parafuso ortopédico é possível de ser realizado (dados não publicados). Esperamos ao final deste projeto estabelecer uma metodologia de diagnóstico rápido, preciso e confiável da infecção periprotética para auxiliar na escolha correta de tratamento.
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022